Buscar

Policial mata esposa a tiros no Zé Garoto, atira contra sogros e tenta suicídio


O Rolé desta quarta (23) começa com a notícia de mais um feminicídio na região, desta vez ocorrido no bairro Zé Garoto, em São Gonçalo, por um policial militar, Leandro Alves de Siqueira, contra a sua esposa, Priscilla da Veiga Freitas.


Leandro, que é cabo da PM, lotado no 7º Batalhão, ainda tentou matar os sogros a tiros e depois se matar. Vizinhos ouviram os estampidos e chamaram a Polícia, que encontrou a mulher já sem vida no chão da residência. Os policias conseguiram resgatar os sogros e o criminoso com vida para o Pronto Socorro e o HEAT, no Colubandê (O São Gonçalo).


Priscilla da Veiga Freitas deixa quatro filhos pequenos.


Também em OSG, traficantes  de comunidades de São Gonçalo aproveitam para expandir seus territórios e impor mais regras a população de bem. Um dos bairros que mais vem sofrendo com a ação dos criminosos é o Mundel, no entorno da localidade dos 'Predinhos".


Os moradores relatam passar por um verdadeiro inferno, sem ao menos ter o direito de ir e vir e receber serviços públicos básicos, como transporte, coleta de lixo ou encomendas, devido à instalação de barricadas nas ruas.


Traz O Fluminense que nos primeiros dias de fiscalização repressiva a motociclistas que circulam com motos barulhentas em Niterói, 150 foram abordados em cinco operações realizadas pela NitTrans nas zonas Norte e Sul e no Largo da Batalha.


Na Tribuna, uma tentativa de furto custou a vida do seu autor, em São Lourenço, Niterói. Na rua de mesmo nome do bairro, um homem entrou nos fundos de uma loja para praticar o crime na tarde de ontem (22) e acabou sendo encontrado por um segurança morto caído no chão na sala do gerador do estabelecimento.


E assim encerramos o Rolé de hoje às 19h18.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon