Buscar

Policial que matou esposa não diz coisa com coisa e remarca depoimento


O Rolé desta terça (29) começa relatando os estragos ocorridos em São Gonçalo após o vendaval desta madrugada que deixou muitas famílias sem energia elétrica, destelhou casas e derrubou árvores antigas na já desarborizada cidade.


Segundo a Prefeitura, foram contabilizadas a queda de mais de 50 árvores pela cidade, principalmente nos bairros Gradim, Paraíso e Porto da Madama. A Defesa Civil até o final da manhã de hoje, recebeu 9 ocorrências através do 2601-0199. As equipes ocuparam as ruas e fizeram isolamento das áreas para posterior retirada das equipes de parques e jardins, que deram prioridade para a desobstrução de vias públicas (O São Gonçalo).


O policial militar Leandro Alves de Siqueira, que matou esposa e atirou nos sogros, prestou depoimento ontem (28) na DH em Niterói. Segundo A Tribuna, o policial se mostrou abalado emocionalmente e não conseguiu articular muito bem o que havia a dizer. Um novo depoimento será prestado por ele em cerca de dez dias, disseram os agentes da DH.

Também na Tribuna, o curioso caso do homem que tentou matar o cunhado de 19 anos por não aceitar seu relacionamento com a irmã acima de 40. Ele, que foi preso em Saquarema, chegou a ter um comparsa na tentativa de homicídio ocorrida na noite do último dia 13, no bairro de Cabuçu, em Itaboraí.


Em O Fluminense, a notícia de que a Polícia Civil investiga explosão, seguida de incêndio na loja de armas Nit Army, na tarde de segunda-feira (28), no Centro de Niterói. Agentes recolheram imagens de câmeras de segurança e declarações de vizinhos, ainda na segunda-feira. Ainda não se chegou à conclusão sobre quais fatores causaram o acidente que matou uma pessoa e feriu outras, três, uma delas em estado grave.


Para encerrar o Rolé às 18h13, uma história que chega ao fim com este desfecho: "Final feliz: Danillo Félix é absolvido por falta de provas e poderá comemorar seu aniversário com a família" (O São Gonçalo).


Danillo foi acusado de ter cometido um roubo com o porte de arma de fogo, no entanto, nunca houve provas para condená-lo. Ele estava preso desde o dia 6 de agosto. 


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon