Buscar

Postos de saúde começam a atender até às 22 horas em São Gonçalo

O projeto inicial foi lançado na Clínica da Família do Mutondo na noite da última segunda-feira (28)

Programa “Saúde na Hora” será implantado em 16 unidades de saúde/Foto: Divulgação

São Gonçalo está entre os municípios selecionados pelo Ministério da Saúde para receber o programa “Saúde na Hora”. Além do horário convencional, de 7h às 17h, 16 Unidades de Saúde da Família funcionarão até as 22h, de segunda a sexta-feira, e até as 13h, aos sábados. A iniciativa permitirá o acesso da população a consultas e exames de rotina a partir de horários flexíveis de atendimento.   O projeto inicial foi lançado na Clínica da Família do Mutondo na noite da última segunda-feira (28). No local, além das consultas médicas e de enfermagem, a população contará com serviços odontológicos, vacinas, pré-natal, planejamento familiar, puericultura, acompanhamento do Bolsa Família, testes rápidos (HIV, sífilis, hepatite B e C, gravidez e pezinho), coleta de exames e de preventivo, curativos, nebulização, dispensação de medicamentos, raio x, ultrassonografia e academia da saúde.   Mentora do projeto junto ao Ministério da Saúde, a subsecretária de Atenção Básica de São Gonçalo, Maria Auxiliadora Rodrigues, garante que a cidade está ganhando um grande presente no mês de aniversário. "Agora mais pessoas terão acesso aos nossos serviços. Antes, muitos cidadãos não conseguiam acessar os serviços de saúde da Atenção Primária porque saíam de casa para trabalhar muito cedo e as unidades de saúde ainda não tinham aberto. Na volta do trabalho, as unidades de saúde já estavam fechadas. Então, a única opção era procurar os serviços de urgência e emergência, como UPAs ou hospitais, mesmo para tratar problemas menos graves, o que sobrecarrega a rede hospitalar”, explica. 

De acordo com a subsecretária, ainda, todas as unidades que irão abrigar o projeto estão passando por obras de adaptação conforme determina as exigências do Ministério da Saúde, entre elas, sistema de informatização. Além da Clínica de Família do Mutondo, a unidade Drº Zerbini, no bairro do Arsenal, funcionará das 8 às 22 horas, de segunda a sexta-feira, e das 8 às 13 horas aos sábados. As outras 14 unidades atenderão a população das 8 às 20 horas, de segunda a sexta-feira.   Cada equipe de Saúde da Família que atua nessas unidades é formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde, além de profissionais de saúde bucal, como cirurgiões dentistas e técnicos de odontologia. "Todos terão acesso, independente de cadastro, aos serviços ofertados nessas unidades de saúde da Atenção Primária – principal porta de entrada ao SUS e onde é possível solucionar até 80% dos problemas de saúde do cidadão", garantiu Maria Auxiliadora.  Além da Clínica do Mutondo, o projeto "Saúde na Hora" está sendo implantado na Clínica  Drº Zerbini, no Arsenal, e nas Unidades de Saúde da Família Ana Nery, Gradim; Juarez Antunes, Laranjal; Tancredo Neves, Luiz Caçador; Luiz Paulo Guimarães, Laranjal; Alberto Constantino Farah, Mutuapira; Wally Figueira da Silva, Rocha; Alexandre Fleming, Boaçu; Manoel de Abreu, Eliane; Emílio Ribas, Barracão; Jardim Catarina, Doutel de Andrade, Maria Paula; Floriano Barbosa, Jardim Catarina I e Portão do Rosa. As unidades selecionadas irão abrigar 60 equipes do Programa Saúde da Família. 


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon