Buscar

Prefeitura realiza mobilização pré-Carnaval com teste rápido e vacinação

Ação foi realizada na praça Doutor Luiz Palmier, no Centro

Mensalmente, o município de São Gonçalo realiza cerca de 300 testes rápidos de diagnóstico para HIV, sífilis e hepatite, através do Programa Municipal de IST-Aids. Em 2019, dos testes realizados, mais de 300 foram positivos para HIV.


No Estado do Rio, mais de 30% dos casos notificados são de jovens entre 20 e 34 anos. Como forma de informar a população e garantir um carnaval mais consciente, a Secretaria de Saúde realizou nesta terça-feira (18) uma mobilização na praça Doutor Luiz Palmier, no Centro, com teste rápido, distribuição de preservativos e vacinação contra o sarampo.

Atualmente, o município possui três Serviços de Atendimento Especializado (Saes), localizados na Clínica Municipal do Barro Vermelho, Polo Sanitário Hélio Cruz e Clínica Municipal Zerbini, com testagem rápida e tratamento para o HIV com coquetel antirretroviral, além de atendimento com infectologistas e enfermagem.


O autônomo Odair Silva, de 30 anos, morador do Bom Retiro, passava pelo Centro da cidade quando viu a movimentação. Quando soube que se tratava da realização dos testes e da vacinação, decidiu fazer. Ele conta que frequentemente faz a testagem.


- Eu acho muito importante essas ações nas ruas, é uma forma de conscientizar as pessoas. Quando você tem acesso à informação, pode se prevenir, e fazendo o teste, dependendo do resultado pode iniciar o quanto antes o tratamento. Sendo assim, as pessoas passam a ter uma vida mais saudável, com consciência. Eu faço os testes com frequência e acho que todos deveriam fazer - ressaltou.


São Gonçalo é uma das únicas cidades do Estado que realiza o atendimento em demanda espontânea, sem restrição aos demais municípios, e seguindo a recomendação do Ministério da Saúde, cada caso positivo é notificado. De acordo com levantamentos do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), a maior incidência de casos de HIV é em jovens entre 15 e 29 anos.

Como forma de facilitar o acolhimento, a Subsecretaria de Atenção Básica descentralizou a Testagem Rápida e hoje todos os enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família (ESF) são capacitados para realizar o atendimento. As capacitações acontecem continuamente através do Núcleo de Educação Permanente em Saúde (NEP).


Para a coordenadora do Programa Municipal de IST-Aids, Monique Gonzalez, ações como essa são fundamentais no diagnóstico precoce e no acesso à informação preventiva.


- A importância dessas ações pontuais é levar informação à população. Prevenção é também promoção de saúde, por isso, é fundamental levarmos o teste rápido para todos as pessoas. Quanto mais cedo a gente consegue realizar o diagnóstico dessas ISTs é melhor, sobretudo do HIV, que não tem cura, mas tem tratamento! - destacou.


Onde fazer teste rápido:

USF Leôncio Corrêa,Fazenda dos Mineiros; Polo Sanitário Paulo Marques Rangel, Porto Do Rosa; Clínica Euryclides Zerbini, Arsenal; Polo Sanitário Rio do Ouro; USF Coelho; USF Largo da Ideia; USF Apollo III; USF Pastor José Marcos Alves, Lindo Parque; USF José Avelino de Souza, Tribobó; USF Getúlio Varags, Boa Vista; Clínica da Família Zerbini; Clínica Municipal do barro Vermelho; USF Luiz Carlso Prestes, Santa Catarina; USF Ana nery, Gradim; Polo Sanitário Washington Luiz, Zé Garoto; Clínica Municipal Gonçalense; USF Josyandra de Moura, Galo Branco; USF Irmã Dulce, Trindade; USF Bandeirantes; Polo Sanitário Hélio Cruz, Alcântara; Clínica da Família de Marambaia e Polo Sanitário Jorge Teixeira de Lima, Jardim Catarina.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon