Buscar

Promotoria de Justiça elogia 'Casa' do idoso no Catarina

O complexo de atendimento conta com diferentes equipes especializadas

A primeira dama Eliane Gabriel acompanhou a visita/Foto: Divulgação

A promotora titular da Promotoria de Justiça de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência de São Gonçalo, Luciana Braga Martinho, realizou uma visita, na manhã desta quinta-feira (3), ao complexo de assistência social e saúde para mulheres, idosos e pessoas com deficiência, no Jardim Catarina. Acompanhada de sua equipe técnica, a promotora conheceu o espaço e os serviços que são oferecidos no Centro de Referência e Assistência Social para o Idoso, Mulher e Pessoa com Deficiência; Centro Dia para o Idoso e no Espaço Avançado de atendimento à saúde do idoso, sob gestão das secretarias de Políticas Públicas para Mulher, Idoso e Pessoa com Deficiência; Desenvolvimento Social e Saúde, respectivamente.


- Há uma carência muito grande de serviços sócio assistenciais em São Gonçalo. Gostei muito da estrutura do complexo e vi que a equipe está bem integrada e que estão desenvolvendo um bom trabalho. É uma demanda do Ministério Público de que, devido à extensão populacional de São Gonçalo, esse serviço não seja somente no Jardim Catarina, mas que seja ampliado e que aqui seja uma referência para que o município tenha outros equipamentos como esse - explica Luciana.

Durante a visita, a Promotora de Justiça foi recebida pela chefe de gabinete e primeira dama do município, Eliane Gabriel, e pelos secretários e subsecretários das pastas responsáveis pelo espaço, que explicaram sobre os serviços e funcionamento de seus respectivos equipamentos.


- Foi um prazer receber a promotora de justiça junto com sua equipe e apresentá-los ao espaço onde estão sendo atendidos 130 usuários do nosso município. Ver que esses idosos estão sendo acolhidos com carinho e atenção nos deixa muito felizes e gratos às equipes que estão realizando um trabalho de excelência. E esse resultado é graças à intersetorialidade que é fundamental para garantir a qualidade dos serviços oferecidos entre os equipamentos - afirma Eliane.


O complexo de atendimento conta com diferentes equipes especializadas e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. O Centro Dia, sob gestão da Secretaria de Desenvolvimento Social, conta com uma equipe formada por psicólogos, assistentes sociais, auxiliar de enfermagem e oficineiros, e funciona como um espaço aberto à pessoa idosa, onde ela pode realizar atividades físicas e outros atendimentos ligados à qualidade de vida e bem-estar.


- É uma satisfação estarmos executando um serviço de alta qualidade, com efetivo e total atendimento aos idosos do nosso município. Ver eles tão gratos por ter esse espaço criado para acolhê-los nos deixa com o coração transbordando de gratidão e isso nos emotiva a seguir cada vez mais empenhados em oferecer um trabalho de qualidade - conta Luciana de Souza Alves, secretária da SMDS.


O Centro de Referência funciona como uma ponte de atendimento em casos de violência, violação de direitos, assistência médica e jurídica para idosos, mulheres e pessoas com deficiência. Com uma equipe técnica especializada, o espaço é mais um braço garantidor das políticas públicas.


- Um espaço como esse reafirma o compromisso do prefeito José Luiz Nanci no cuidado com as pessoas e na garantia da qualidade de vida da população. Somos uma cidade com um grande número de idosos, e poder proporcionar a eles um espaço de cuidado e resgate da autoestima é de grande importância - afirma Marta Maria Figueiredo, secretária da SEMIMD.


O Espaço Avançado de Atendimento à Saúde do Idoso, administrado pela Secretaria de Saúde, atende idosos a partir de 60 anos, com os serviços de geriatria, enfermagem gerontólogo, fisioterapia, avaliação de feridas, além de oficinas cognitivas, auditivas e visuais.


- É fundamental destacar a importância da gestão em acreditar que através da intersetorialidade das secretarias, do Ministério público, do Conselho Municipal de Saúde, do Conselho do Idoso, nós podemos construir equipamentos viáveis a um atendimento digno à população idosa. O cuidado e acolhimento geram autonomia, e isso é fundamental para as pessoas idosas que muitas vezes se veem desacreditadas de si mesmas - destacou a subsecretária de Atenção Básica, Maria Auxiliadora.    


Ao final da visita, a coordenação dos equipamentos entregou para a promotora um relatório com dados qualitativos e quantitativos, detalhando cada atividade realizada no espaço e os resultados dos últimos meses. Os idosos da Oficina de Música aproveitaram a ocasião e fizeram uma apresentação para os visitantes.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon