Buscar

São Gonçalo abre mais 30 leitos em hospital na Lagoinha

Enquanto a novela do hospital de campanha do governo do estado não tem final feliz, prefeitura abre mais leitos para Covid-19. Luiz Palmier está quase com 100% da sua capacidade utilizada

Prefeito Nanci acompanhou a abertura dos leitos/Foto: Divulgação

Com a crescente do número de casos confirmados pelo novo Coronavírus na cidade, São Gonçalo abriu nesta segunda-feira (1) mais uma unidade de triagem para pacientes com sintomas da doença. Das 7 às 18 horas, a população poderá buscar atendimento médico no Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, em Lagoinha. A nova unidade conta neste momento com 30 leitos, sendo 10 de CTI. Mas o hospital comporta até 70 pacientes internados. 

O Hospital Franciscano conta com quatro consultórios médicos, salas de raio-x e tomografia, farmácia, laboratório, almoxarifado e enfermaria para medicação. Assim que o paciente chega, passa pela triagem e vai para a consulta. O médico então solicita exames laboratoriais e de imagens. Se a situação do paciente for estável, ele é medicado e liberado para o isolamento social em casa. Mas caso precise de internação, fica em um dos leitos da unidade automaticamente. 


- Estamos inaugurando mais um Centro de Triagem, mas com um diferencial: ele tem leitos de enfermaria e CTI, com monitores e respiradores. Nossa intenção é atender o paciente rápido, no início dos sintomas, e caso ele precise de internação seja tratado aqui mesmo. Criamos mais uma unidade com toda infraestrutura e que vai beneficiar principalmente a população do segundo e terceiro distritos de São Gonçalo - explicou o prefeito José Luiz Nanci. 


Uma das primeiras pacientes a procurar a unidade foi a dona de casa Rosana Mendes, de 52 anos, moradora do bairro Bandeirantes. Com dores pelo corpo, febre e cansaço, ela foi atendida, medicada e estabilizada. "Este hospital foi a melhor coisa que aconteceu. Eu estava me arrumando e pedindo a alguém para me levar no pronto socorro do Zé Garoto. Mas graças a Deus fiz os exames, estou medicada e indo pra casa cumprir meu isolamento por 10 dias", conta. 


O secretário de Saúde, Jefferson Antunes, lembrou que o Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças estava sendo preparado desde o inicio da pandemia. A ideia era abri-lo assim que o Hospital Municipal Luiz Palmier, referência no atendimento a pacientes com Covid-19, atingisse 80% da sua capacidade.


- O Luiz Palmier está quase chegando a 100% da sua capacidade e não temos o Hospital de Campanha do Governo do Estado aberto, então tivemos que abrir o Franciscano para atender a população. De acordo com a demanda vamos abrindo mais leitos gradativamente. A unidade comporta até 70 internações, sendo 20 no Centro de Tratamento Intensivo, e está totalmente equipada - informou o secretário.  



MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon