Buscar

São Gonçalo abre novos leitos para pacientes com Covid-19

Hospitais do município têm 80% dos seus leitos ocupados

10 leitos foram aberto/Foto: Divulgação

Seguindo orientações técnicas da Vigilância Epidemiológica, a Prefeitura de São Gonçalo mantém até a próxima sexta-feira (27) as medidas de restrição e isolamento social, visando diminuir o número de casos de coronavírus na cidade. Na manhã desta segunda-feira (23), a secretaria de Saúde abriu mais dez leitos nos hospitais de referência no tratamento à doença. O município hoje tem 80% dos seus leitos ocupados.


A cidade conta neste momento com 130 leitos para pacientes contaminados pelo Covid-19. São 22 de enfermaria e 15 de CTI no Hospital de Retaguarda Gonçalense, no Centro; 30 de enfermaria no Franciscano Nossa Senhora das Graças e 23 no Centro de Tratamento Intensivo.


A prefeitura conta ainda com outros seis nas UPAs de Nova Cidade e Pachecos; 15 no Pronto Socorro de São Gonçalo, sendo sete de CTI; e 12 na enfermaria e outros sete no Centro de Tratamento Intensivo do Pronto Socorro Infantil.


Preocupado com uma possível segunda onda da doença no Estado, o prefeito José Luiz Nanci determinou a abertura de outros 60 leitos no segundo andar do Hospital de Retaguarda Gonçalense, unidade adquirida pelo município no início da pandemia. A prefeitura neste momento está construindo, em caráter emergencial, rampa de acesso até o piso superior.


- Temos camas, respiradores e monitores. Desde abril a Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus se reúne e traça metas para frear a doença e tratar da população contaminada pelo vírus. Trabalhamos em conjunto com o Ministério Público, secretaria estadual de Saúde, diretores das unidades de saúde e técnicos da vigilância epidemiológica, que monitoram diariamente a movimentação da doença na cidade. Como médico e prefeito tenho responsabilidades. Nossas decisões são baseadas em laudos técnicos. Não políticos - garantiu o prefeito José Luiz Nanci.

Ocupação

Nesta segunda-feira (23) São Gonçalo tem 104 pacientes internados em suas unidades de referência e de urgência e emergência. No Pronto Socorro Central, dez pacientes ocupam enfermarias e outros sete o Centro de Tratamento Intensivo.


No Pronto Socorro Infantil apenas uma criança ocupa o CTI da unidade. No Hospital de Retaguarda Gonçalense existe no momento 22 internados em enfermarias e 15 no CTIs; nas UPAS de Nova Cidade e Pachecos não há pacientes internados; e no Franciscano Nossa Senhora das Graças médicos e enfermeiros cuidam de 30 pacientes nas enfermarias e de outros 19 nos dois CTIs.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon