Buscar

São Gonçalo chega aos 60 mil testes rápidos

Planejamento prevê a realização de cerca de 100 mil exames

Os testes são feitos em vários pontos da cidade/Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de São Gonçalo chega a marca dos 60 mil testes rápidos realizados no município nos últimos dois meses. O número de exames aumentou devido à ampliação dos postos para a realização da testagem. Paralelamente, a cidade realizou uma pesquisa de campo com testagem rápida e por amostragem para o Covid-19 no bairro Jardim Catarina. O levantamento detectou que 45% dos casos positivos para a doença são assintomáticos, ou seja, não apresentam sintomas aparentes da doença, mas podem transmitir o vírus. De acordo com o prefeito José Luiz Nanci, que também é médico, o aumento na quantidade de unidades que realizam testes para diagnosticar o novo Coronavírus favorece no enfrentamento à pandemia na cidade, identificando novos focos de transmissão, orientando o isolamento aos casos positivados e descentralizando a testagem. -Nosso planejamento prevê a realização de cerca de 100 mil exames, ou seja, 10% da população. Com os dados da testagem em massa traçamos as nossas ações de controle, combate e tratamento ao Covid-19. A amostragem também é encaminhada ao IBGE, que desenha um perfil da doença em São Gonçalo e nos garante uma informação exata que nos ajuda também a promover políticas públicas das ações necessárias - explicou o prefeito.      Os testes rápidos estão disponibilizados diariamente nos PAMs Coelho, Neves e Alcântara;  Clínica do Barro Vermelho; Centros de Triagem ao Coronavírus do Zé Garoto (próximo ao Correios) e Lagoinha (Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças);  Polo Sanitário Rio do Ouro; Clínica da Criança (Zé Garoto); UPAs de Nova Cidade e Pacheco; e nos Prontos Socorros Infantil e Central. 

Pesquisa de Campo

Com mais de 1.400 casos confirmados, o bairro do Jardim Catarina, maior Loteamento Plano da América Latina, passou no início do mês por uma pesquisa de campo com testagem rápida para o Coronavírus. A amostragem registrou que 45% dos casos positivos para a doença eram assintomáticos.  Cerca de 10% da população foi testada em uma força tarefa realizada pelos profissionais de saúde atuantes na área. Durante 15 dias, os moradores puderam ser testados no Polo Sanitário Jorge Teixeira de Lima e em unidades móveis que percorreram diversas ruas do bairro.   A testagem de indivíduos assintomáticos representa uma importante estratégia, porque tirando-o de circulação por pelo menos 15 dias, evita-se que mais pessoas sejam infectadas. A realização de testes em larga escala para encontrar e isolar casos assintomáticos é uma estratégia vital para conter a propagação da doença.  Novos exames

O secretário de Saúde, Jefferson Antunes, garante que o município irá adquirir novos exames para continuar o processo de testagem rápida. "A Prefeitura de São Gonçalo comprou 50 mil kits e o Ministério da Saúde enviou outros 30 mil. Enquanto não há vacina, nem medicamento com eficiência comprovada, frear a circulação do vírus é a melhor maneira de proteger a população", assegura.  O Centro de Triagem ao Coronavírus no Zé Garoto e o Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, mais conhecido como Hospital das Freiras, no bairro Lagoinha, são os locais que mais realizam a testagem rápida na cidade. Os polos, juntos, realizam cerca de 600 testes por dia.  O Centro de Triagem funciona diariamente, das 8 às 18 horas, enquanto o Hospital das Freiras atende 24 horas por dia. Nesta última unidade, o paciente ainda tem consulta médica e faz exame de imagem caso necessário. O hospital também conta com 17 leitos de CTI e outros 20 de enfermaria e virou referência no tratamento a pessoas com suspeita de Coronavírus em São Gonçalo.  Ranking

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde, os 20 bairros mais contaminados em São Gonçalo são Jardim Catarina, Colubandê, Trindade, Itaúna, Mutondo, Rocha, Boaçu, Boa Vista, Alcântara, Galo Branco, Porto do Rosa, Gradim, Mutuá, Nova Cidade, Centro, Barro Vermelho, Porto Velho, Pacheco, Santa Izabel e Porto Novo.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon