Buscar

São Gonçalo define plano para vacinação contra covid-19

Secretaria de Saúde recebe 320 mil seringas do governo do Estado neste sábado

Idosos e trabalhadores da saúde serão os primeiros vacinados/Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo vai receber, neste sábado (16), 320 mil seringas da Secretaria de Estado de Saúde. A entrega faz parte do planejamento de vacinação contra a covid-19, que terá, a princípio, 23 locais de imunização espalhados pela cidade. Os idosos serão vacinados em casa, assim como aconteceu com a vacinação da gripe no ano passado. A previsão é que, na próxima segunda-feira (18), toda a estratégia de imunização já esteja definida pelo Ministério da Saúde. A cidade já está preparada para receber as vacinas contra o coronavírus e vai seguir as orientações do Ministério da Saúde em relação às datas e fases de imunização. O planejamento prevê a vacinação dos trabalhadores da saúde, idosos com mais de 75 anos e institucionalizados (aqueles que estão em asilos e outras instituições) e indígenas na primeira fase. Em São Gonçalo, serão cerca de 50 mil pessoas. Para garantir a qualidade das vacinas, as geladeiras domésticas das salas de imunização estão sendo substituídas por novas câmaras de conservação. São 90 no total. As câmaras garantem que as vacinas permaneçam eficientes mesmo com falta de luz durante 24 horas.


Boletim Covid-19

De acordo com o boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade de São Gonçalo registrou 14 óbitos em decorrência do novo coronavírus (covid-19) nesta sexta-feira (15), chegando a 1.130 no total.

Até o momento, São Gonçalo contabiliza 38.300 casos confirmados, 36.662 curados, 73 hospitalizados na Rede Pública Municipal de Saúde, 435 em quarentena domiciliar e 1.130 óbitos confirmados.

Os óbitos lançados no boletim de hoje são de datas retroativas, devido ao processo de investigação feito pela Divisão de Vigilância Epidemiológica, com base nos resultados dos testes realizados pelos pacientes.


- Vamos seguir as determinações do Ministério da Saúde. Já disponibilizamos 23 unidades de saúde para a aplicação da vacina, mas eles podem ser ampliados conforme a demanda. Os idosos serão vacinados em casa - disse o secretário de saúde, André Vargas. A segunda fase deve contemplar idosos de 60 a 74 anos; a terceira será para pessoas com comorbidades (como portadores de doenças renais crônicas e cardiovasculares); a quarta fase será para professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade. As datas das fases ainda serão definidas pelo Ministério da Saúde e podem sofrer alterações. A vacina contra a covid-19 é contraindicada para menores de 18 anos, gestantes e para pessoas que já apresentaram reação anafilática confirmada a qualquer componente da vacina.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon