Buscar

São Gonçalo representa o Brasil em Conferência Mundial de Enfermagem

O evento acontece em junho, Nova Orleans, nos Estados Unidos

Mari Auxiliadora/Foto: Divulgação

São Gonçalo protagoniza um marco na consolidação de políticas públicas em todo Brasil. A enfermeira e subsecretária de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Maria Auxiliadora, foi a única brasileira selecionada para a Conferência Nacional da Associação Americana de Enfermagem de Nível Avançado (AANP 2020). O evento acontece em junho, Nova Orleans, nos Estados Unidos, no Centro de Convenções Ernest N. Morial, e contará com a participação de enfermeiros do mundo inteiro, de todas as especialidades.

A Associação é uma entidade com mais de 100 mil membros de diversas organizações, e realiza uma conferência anual para discutir questões legislativas, regulatórias e práticas avançadas em saúde. Dentre os critérios para escolha dos embaixadores estão serem influenciadores da categoria e líderes políticos em seus países de origem. Uma das missões dos eleitos é se tornar um multiplicador das práticas avançadas de enfermagem.

A subsecretária, e agora embaixadora da AANP, afirma que esse reconhecimento irá refletir nas políticas de autonomia da categoria e no fortalecimento da autonomia do enfermeiro na adição de políticas públicas de saúde.


- A relevância de ter ganho esse prêmio é que no meu retorno ao Brasil me comprometo em propagar para toda categoria de enfermeiros/as, principalmente no Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), onde atuo desde 2010 como Fiscal do Exercício Profissional de Enfermagem, os princípios e os temas relevantes ao desenvolvimento da prática avançada no Brasil. O Conselho Federal e o Conselho Regional de Enfermagem são os órgãos responsáveis por regulamentarem a prática de enfermagem no país, e há ainda muitos conceitos errôneos sobre o que seja prática avançada em enfermagem. Como por exemplo, a regulamentação pelo Governo – Ministério da Saúde, do exercício com protocolos definidos de prescrição de medicamentos, sem a/o enfermeira/o ter um reconhecimento profissional e científico -destacou.

Em 2019, a subsecretária, representando a Secretaria de Saúde, também trouxe à São Gonçalo um feito a nível nacional. O município foi o único do Estado do Rio a ser escolhido na 7ª edição do Mapeamento de Experiências de boas práticas em gestão pública, pelo programa municipal de Saúde da Pessoa Idosa. Organizado pelo Ministério da Saúde e pelo Grupo de Informação em Saúde e Envelhecimento – Gise, do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz), o mapeamento é feito desde 2013 e reúne experiências de todas as regiões do Brasil do Sistema Único de Saúde (SUS).


Nas práticas de enfermagem, São Gonçalo também se mostra à frente, com a implementação do protocolo de enfermagem na Atenção Básica, fruto do trabalho coletivo das equipes da Atenção Primária junto à subsecretária, que marca a universalização do atendimento beneficiando profissionais da rede e também toda a população. Desde o ano passado as equipes da Atenção Básica têm se reunido em comissões de discussões para pensar todas as linhas de cuidado do protocolo que irá nortear as práticas da enfermagem. Em março já serão lançados três linhas que já foram concluídas: Saúde da criança, Saúde da Mulher e Hipertensão e diabetes. A previsão é de que até junho a linha de cuidado do idoso seja finalizada e até outubro o protocolo completo seja entregue à população.


De acordo com a subsecretária, esses muitos desdobramentos são reflexo de um trabalho comprometido com a excelência do serviço da categoria. Ela ainda adianta que como fruto da participação no Congresso, será publicado um artigo na revista do Cofen e será ainda realizada uma Conferência, além de formação com os enfermeiros.


- Temos como proposta duas ações. Uma, de publicar um artigo sobre o evento na língua portuguesa, na revista do Cofen, e divulgar amplamente, a segunda organizar um Fórum convidando autoridades políticas, lideranças profissionais, coordenações de Mestrados Profissionais e Organizações de classes do Brasil para ampliar as discussões da prática avançada de enfermagem, centrada atualmente na Subsecretaria de Atenção Primária, local em que atuo hoje como gestora da pasta. A proposta dentro do município se estenderá para todas as áreas de atuação da categoria profissional, constituindo-se em um processo formativo do enfermeiro e com licenciamento pelo conselho e sociedades científicas no país. É redundante mas vale destacar que os reflexos de possuir um gestor qualificado coloca o município numa posição e condição de propagar e também colocar em prática as ações e serviços da maior força de trabalho da saúde, que é a enfermagem, de forma regulamentada e segura para o cuidado integral de umas das maiores populações do Rio de Janeiro - destacou.


Para o prefeito José Luiz Nanci, o reconhecimento evidencia que investir em políticas públicas comprometidas com a população é o caminho certo.


- Mais do que reconhecimento, essa premiação nos mostra o quanto estamos no caminho certo do investimento em políticas públicas que zelem pela dignidade e qualidade de vida das pessoas. São Gonçalo é um município muito potente e temos trabalhado muito para que o serviço público de qualidade alcance todos. Parabenizo a Maria Auxiliadora e a toda sua equipe pelo excelente trabalho que vem realizando em nossa cidade cuidando das pessoas - afirmou o prefeito José Luiz Nanci.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon