Buscar

Secretaria de Educação faz balanço de 2019 em São Gonçalo

Destaque para a criação do Centro de Referência Municipal em Autismo

O prefeito José Luiz Nanci e o secretário Marcelo Azeredo visitam escola no Monjolos/Foto: Divulgação

O ano de 2019 fechou com um saldo super positivo para a educação em São Gonçalo. Seguindo as determinações do prefeito José Luiz Nanci para que as escolas da Rede Pública Municipal sejam prioridade do governo, oferecendo educação de qualidade, a Secretaria Municipal de Educação realizou uma série de conquistas como finalização de obras de reformas em diversas escolas, como a Jayme Campos, em Monjolos, e a inauguração de novas unidades para atender crianças de bairros afastados do Centro, como a UMEI José Carlos Coutinho, na Estrada do Bichinho, bairro Sacramento.

Entre os destaques do ano está a reinauguração da Biblioteca Municipal Genebaldo Rosa, que passou a funcionar na nova sede da Secretaria de Educação, em Alcântara, num espaço integrado e que recebe estudantes de todos os bairros e de todas as redes de ensino, como municipal, estadual e particular. Além de oferecer local apropriado para estudos e pesquisas, a biblioteca recebe alunos da Educação Infantil para tardes de contação de histórias e atividades lúdicas.


A aquisição de novos veículos, sendo dez ônibus, 11 carros sedans e três vans, também é considerada um grande avanço para a melhor administração da rede municipal de ensino. “Com os novos ônibus vamos atender muito mais crianças, que precisam de transporte para se deslocarem até as unidades escolares”, afirma o secretário municipal de Educação, Marcelo Azeredo. Os demais veículos ficarão à disposição da secretaria para que possam ajudar na agilização dos serviços e no atendimento às escolas. Uma das vans, por exemplo, será entregue à Orquestra Municipal, atendendo a uma reivindicação antiga dos músicos que nunca tiveram, desde a fundação, transporte próprio para suas apresentações.

A inauguração do Centro de Referência Municipal em Autismo Professora Maria José da Silva Rodrigues, no Gradim, em abril, foi um marco para a cidade, que hoje conta com um espaço dedicado aos portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Antes, o atendimento, na maioria das vezes, tinha que ser feito em outras cidades como Niterói. O local oferece salas de recursos, oficinas pedagógicas e espaços de atendimentos multidisciplinares em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. 


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon