Sem choro nem vela: Moro suspeito e Lula liberado em 2022

STF forma maioria e confirma que marreco de Maringá foi parcial e suspeito na perseguição contra ex-presidente


De Brasil 247

Lula riu por último/Foto: Reprodução
Lula riu por último/Foto: Reprodução

Em julgamento nesta quinta-feira (22), o Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou a decisão anteriormente proferida pela Segunda Turma da Corte no sentido de declarar a suspeição do ex-juiz Sergio Moro nos processos movidos contra o ex-presidente Lula na Lava Jato.


Até o fechamento desta reportagem, haviam votado a favor da decisão da suspeição os ministros Gilmar Mendes, Kassio Nunes Marques, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia e Dias Toffoli.

Votou com o relator, ministro Edson Fachin, pela anulação da decisão da Segunda Turma o ministro Luís Roberto Barroso.


MALUGA_2.jpg
QV1.jpg
GRÁFICA_RS_2.jpg

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.