Buscar

SG facilita acesso em programa a quem deseja parar de fumar

Todas as unidades de saúde do município têm núcleos de combate ao tabagismo

Programa já provou que é eficaz/Foto: Divulgação

De acordo com o 7º Relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), sobre a Epidemia Mundial do Tabaco, Brasil e Turquia são os dois únicos países - dentre as 171 nações que aderiram às medidas globais da OMS - que efetivaram ações de sucesso para a redução do consumo de tabaco, a segunda maior droga mais consumida no mundo. Em São Gonçalo, apenas nos quatro primeiros meses deste ano, mais de 400 pessoas foram assistidas pelo Programa de Controle do Tabagismo da secretaria municipal de Saúde, que oferta cuidado e prevenção. 


- Hoje o tabagismo é a maior causa de morte evitável no mundo. O programa de controle é fundamental na prevenção e no acompanhamento daquele que desejam tratar essa dependência. As reuniões acontecem quatro vezes por semana, em pequenos grupos nos equipamentos da rede, e, dependendo da quantidade de consumo, o paciente é direcionado ao tratamento gratuito onde é disponibilizado a fita adesiva de nicotina, o medicamento e ainda o chiclete de nicotina. Cada pessoa terá um tratamento direcionado e especificado. O acompanhamento é prolongado e ao longo do tempo, conforme cada um responde ao tratamento, o desmame é realizado gradativamente - relatou a coordenadora do programa e enfermeira, Juliana Galdino.

No final dos anos 80, o Ministério da Saúde, através do Instituto Nacional de Câncer (Inca), implementa a Política Nacional de controle do tabagismo, e a partir de 2005, o tratamento formal para cessação do tabagismo passou a ser implantado em unidades de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS), de forma planejada e monitorada.


Apesar da frequência de fumantes jovens do sexo masculino ser maior, a nível nacional, nos grupos de tratamento e acompanhamento em São Gonçalo a predominância é feminina. Além das reuniões regulares, o programa ainda realiza capacitações contínuas com equipes da Atenção Básica e Especializada de Saúde, com enfermeiros e médicos, ministradas por neurologistas, nutricionistas, educadores físicos, psicólogos e psiquiatras que atualizam os profissionais sobre os desdobramentos e agravamentos do tabagismo.


Ainda de acordo com Juliana, a partir de setembro, a capacitação chegará aos profissionais da Educação.


- Estamos articulando junto ao Núcleo de Educação Permanente em saúde a partir de setembro iremos implementar o Programa Saber Saúde de Prevenção do Tabagismo e de Outros Fatores de Risco de Doenças Crônicas, gerenciado pelo Inca. Dentre os temas abordados estão os riscos do tabagismo, a importância de uma alimentação saudável e a prática de atividade físicas. É importante que para além dos equipamentos de saúde, outros espaços também dialoguem sobre esse tema. Sobretudo um local com predominância de jovens, que são usuários mais frequentes do cigarro e outras drogas - afirmou.


As reuniões para iniciantes acontecem em quatro etapas. Na primeira, o fumante aprende porque fuma e como isso afeta sua saúde. Na segunda, ele aprende a lidar com os primeiros dias sem cigarro e os sintomas da síndrome de abstinência. Na etapa seguinte, a reunião destaca os obstáculos para permanecer sem cigarros e estes são colocados em prática, como, por exemplo, a realização de atividades físicas. Finalizando, no quarto encontro do grupo o diálogo gira em torno dos benefícios indiretos, e em longo prazo, ao parar de fumar, como a melhora da autoestima e a diminuição do risco de doenças do coração. Após os quatro módulos, o usuário passa a utilizar o adesivo de nicotina, que auxilia a parar de fumar, reduzindo os sintomas da síndrome de abstinência.


Para participar de um dos grupos de Terapia Cognitiva e Comportamental (TCC) é preciso se cadastrar em um dos postos de saúde que realizam o atendimento.

Confira abaixo os postos:

Polo Sanitário Washington Luiz Lopes – Zé Garoto: USF Vila Lage; USF Brasilândia; USF Água Mineral; USF Zumbi; USF Madre Tereza de Calcutá – Estrela do Norte; USF Galo Branco; USF José Marcos Esteves, Lindo Parque; USF Wally Figueira da Silva – Rocha; USF Menino de Deus, Galo Branco; USF Rocha; USF Bento da Cruz – Porto Novo; UBS Haroldo Pereira Nunes – Porto Novo; USF Vila Iara – Brasilândia; USF Neves; USF Engenho Pequeno; USF Barbosa Lima Sobrinho – Porto da Pedra; USF Zé Garoto; USF Venda da Cruz; UBS Robert Koch – Porto da Madama; USF Victor Chimelly – Porto Velho; USF Juvenil Francisco Ribeiro – Engenho Pequeno; USF Armando Gueiros – Barro Vermelho; UBS Ana Nery – Gradim;UBS Luiz Carlos Prestes – Santa Catarina; USF Tenente Jardim; USF Armando Leão Ferreira – Morro do Castro; USF Manoel Baptista – Porto da Madama; USF Bocayuva Cunha – Gradim.


Polo Sanitário Paulo Marcos Rangel – Porto do Rosa: USF Antonina; USF Mahatma Gandhi – Jardim Califórnia; USF Alexander Fleming – Boaçu; USF Davi Capistrano Filho – Recanto das Acácias; USF Carlos Chagas – Fazenda dos Mineiros; USF Leoncio Correa – Fazenda dos Mineiros; USF Albert Sabin – Itaoca; USF Itaúna; USF Manoel da Ilhota, Fazenda dos Mineiros; USF Mutuá; USF Mutuaguaçu; USF Nova Cidade; USF Alberto Farah – Mutuapira; USF Neuza Goulart Brizola – Palmeiras; USF São Miguel; UBS Getúlio Vargas – Bairro Rosane; USF Jair Abrantes – Boa Vista; USF José Bruno Neto – Boa Vista; USF Palmeira; USF Porto do Rosa.


Polo Sanitário Hélio Cruz – Alcântara: USF Jardim Alcântara; USF Colubandê; USF Josyandra Mesquita – Colubandê; USF Tancredo Neves – Luiz Caçador; USF Mutondo; UBS Trindade; USF Irmã Dulce – Trindade; Clínica Municipal Gonçalense – Mutondo;USF Oswaldo Cruz – Amendoeira; USF Lagoinha – Amendoeira; USF Waldemar Costa Nunes – Jardim Miriambi; USF Bandeirantes; USF Pacheco Tiradentes; UBS Adolfo Lutz – Pacheco; USF Coelho.


Polo Sanitário Rio do Ouro: USF Marechal Cândido Rondon – Colubandê; USF Badger Silveira – Tribobó; USF Anaia Pequeno; UBS Adão Pereina Nunes – Arsenal; Clínica Dr Zerbini – Arsenal; USF José Avelino – Tribobó; USF Emílio Ribas – Barracão; UBS Manuel de Abreu – Anaia; USF Marileia Cardoso – Jóquei; USF Santa Izabel; USF Almerinda; UBS Doutel de Andrade – Maria Paula; USF Ipiíba; USF Hiparco Ferreira – Engenho do Roçado; USF Flávio Henrique Brito – Jóquei; USF Emílio Ribas – Barracão; USF José Jorge Cortes Freitas – Itaitindiba; USF Vila Candoza; USF Quinta Dom Ricardo – Santa Izabel; USF Luiza de Marilac – Novo México; USF Vereador Josias Muniz – Arrastão.


Polo Sanitário Jorge Teixeira de Lima – Jardim Catarina: USF Marambaia; USF Roberto Silveira – Bom Retiro; USF Geremias de Mattos Fontes – Bom Retiro; UBS Louis Pasteur – Guaxindiba; USF Agenor José da Silva – Jardim Catarina; USF Jardim Catarina; USF Floriano Barbosa – Jardim Catarina; UBS Jardim Catarina; UBS João Goulart – Jardim Catarina; UBS Luiz Paulo Guimarães – Laranjal; UBS Juarez Antunes – Laranjal; USF Largo da Ideia; USF Vista Alegre; USF Aníbal Porto – Monjolos; USF Santa Luzia; USF Vila Três; USF Ary Teixeira – Bom Retiro; USF Elza Maria Borges – Santa Luzia; USF Apollo III; Clínica da Família Marambaia.

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon