Buscar

SG terá Centro de Formação e Instrução da Guarda Municipal

Os cursos serão ministrados pelos próprios guardas

Nos próximos meses, São Gonçalo vai ganhar o Centro de Formação e Instrução da Guarda Municipal. A legislação pertinente foi publicada em Diário Oficial na última semana e tem como objetivo a atualização e aperfeiçoamento profissional dos agentes. O Centro funcionará na própria sede da corporação, em Venda da Cruz.


O órgão irá planejar e desenvolver atividades pertinentes ao ensino, instrução e treinamento dos guardas, reforçando o caráter profissional da categoria. Um gestor e um dirigente, integrantes do quadro efetivo da Guarda Municipal (GM) e portadores de diploma de nível superior, serão nomeados para integrar a estrutura administrativa. 


Os cursos serão ministrados pelos próprios guardas, com professores escolhidos através de uma análise curricular dos agentes que fazem parte da corporação. Na falta de instrutor para alguma matéria específica, o Centro terá autonomia para convidar outras instituições de ensino que tenham vontade de estabelecer parcerias para palestras e workshops, sem que onere os cofres públicos.

De acordo com o prefeito José Luiz Nanci, a institucionalização do processo de qualificação da GM garante economia aos cofres públicos e agiliza o processo de capacitação dos agentes, sem que a Prefeitura dependa de empresas contratadas para realizar o serviço.


- A maioria das GMs do Brasil já tem o Centro de Formação, então, este é um passo muito importante que conseguimos dar nesta gestão. Temos pessoas muito capacitadas na corporação que irão compor o corpo docente, com formação em Direito, Psicologia, Segurança Pública. Vamos aproveitar essa reserva de conhecimento que já temos no quadro de funcionários e utilizar em prol de todos - explica o prefeito. 


O comandante da GM, Carlos Machado, explica que a sede já possui toda estrutura necessária para receber o Centro. "Nossa nova sede tem o espaço físico para realização dos cursos, com salas de aula, banheiros, cozinha, auditório e quadra poliesportiva, em casos de aulas práticas", conta.


A grade curricular e a carga horária correspondente a cada curso serão elaboradas conforme legislação pertinente, devendo ser aprovadas pelo comandante da Guarda e pelo secretário municipal de Segurança Pública, exceto quando se tratar da formação inicial de guardas, que seguirá a matriz curricular fornecida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública.


O secretário municipal de Segurança Pública, Felipe Brito, ainda completa: "Além de formar novos guardas, o Centro também terá papel de requalificação de guardas antigos e formação de instrutores em diferentes áreas. Também vamos atuar em cooperação com corporações de outros municípios, buscando trazer conteúdos novos e atualizados para nossos agentes", finaliza.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon