Buscar

'Testes rápidos não servem pra nada', afirma cientista


A notícia desta terça (30) é a operação conjunta do Ministério Público e Polícia Civil que prendeu assassinos do temido "Escritório do Crime", acusado de ter tramado a morte da ex-vereadora Marielle Franco e do seu motorista, Anderson (O São Gonçalo).


A operação, batizada de Operação Tânatos, tem como objetivo combater a milícia responsável pelo Escritório do Crime, que é formada por policiais e ex-policiais que são matadores de aluguel e atuam na Zona Oeste do Rio há mais de 10 anos, com uso de armas de fogo de grosso calibre. A Polícia, porém, não descarta a atuação da quadrilha em outras cidades do estado, inclusive no leste fluminense.


Com 30 mil exames realizados, Niterói, que liberou abertura dos shoppings a partir de 1 de julho (A Tribuna), ostenta a posição das que mais testam para Covid-19 no país (O São Gonçalo). A informação foi dada pelo próprio prefeito Rodrigo Neves, em sua live diária no Facebook na noite de ontem.


O mesmo jornal bota água no chope da comemoração do prefeito: Cientista diz que testes rápidos para coronavírus 'não servem para nada'. No lead da matéria, a bióloga e microbiologista Natalia Pasternak, que deu a declaração no programa Roda Viva nesta segunda (29), ainda adverte as pessoas a não comprarem esses testes na farmácia, os mesmos utilizados pela Prefeitura de Niterói.


Finalizando o Rolé, às 16:52 horas, com notícia do Plantão Enfoco de família que busca técnico de refrigeração Cristiano Bispo da Silva, 48 anos, desaparecido desde a última sexta (26) em São Gonçalo. Para dar alguma informação, ligue para (21) 96611-1978 ou (21) 2253-1177.


Boletim Covid-19 atualizado segundo dados consolidados da Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro em 30 de junho.




MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon