Buscar

Volta da Geral do Maracanã? Por Victor Machado

O Poder Executivo pode ser autorizado a retirar as cadeiras existentes na parte inferior do Estádio do Maracanã, com o objetivo de recriar setores populares com ingressos mais baratos. É o que propõe o projeto de lei 4.260/18, dos deputados André Ceciliano e Zeidan Lula, ambos do PT. A medida foi aprovada, em discussão única, pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), nesta terça-feira (24/09). O texto seguirá para o governador Wilson Witzel, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar. De acordo com Ceciliano, este tipo de medida já aconteceu no Estádio do Beira Rio, do Internacional, no Rio Grande do Sul. "O objetivo é democratizar o acesso aos jogos, com o intuito de que as pessoas mais pobres vejam jogos no Maracanã. Financeiramente está mudança também é viável, já que pode gerar mais dez mil lugares no estádio", explicou o presidente da ALERJ.


Cadê os ingressos?

Com a explosão do seu programa de sócios torcedores, com mais de 150 mil adeptos, o Flamengo vem lotando o Maracanã em todos os seus jogos. Com isso, os ingressos sequer chegam as bilheterias do estádio, já que se esgotam bem antes entre os sócios. Assim fica a dúvida, seria possível criar um setor popular no Maracanã com ingressos mais baratos ou a retirada das cadeiras representaria apenas uma simples ampliação do estádio? Vale lembrar que por lei já há direito de meia entrada para estudantes e gratuidade para idosos e crianças, entre outros.


Tite

A convocação da seleção brasileira para amistosos insignificantes em Singapura prejudicará vários clubes no Brasileirão. Tite foi incoerente e covarde. Pode pagar caro por essa escolha no futuro.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon