top of page

RJ: governo do estado vai contratar 4.700 professores para reforço imediato

As contratações vão suprir carências temporárias, como licenças médicas, afastamento por estudo e outras. O reforço começará no segundo semestre

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução


O Governo do Estado do Rio de Janeiro poderá contratar até 15 mil professores - por tempo determinado - para suprir carências temporárias na rede estadual de ensino. A proposta foi aprovada, na quarta-feira (24/04), pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), em regime de urgência. Para reforço imediato nas salas de aula, a Secretaria de Educação fará processo seletivo para 4.700 profissionais.

 

As contratações vão suprir carências temporárias, como licenças médicas, afastamento por estudo e outras. O reforço começará no segundo semestre.

 

Os professores contratados deverão atuar nas escolas da rede estadual, em diferentes modalidades do ensino básico, incluindo as que atendem aos estudantes indígenas e, ainda, as dos sistemas prisional e socioeducativo. Com a iniciativa, a rede estadual de ensino irá superar o número de 2 mil vagas abertas em 2023.


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.


Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

POLÍTICA