top of page

Rolé: 7 em cada 10 pessoas dizem temer agressões por razão política, diz Datafolha

E mais: TSE diz que teste proposto por militares será feito em 56 urnas, em 18 estados e no DF, Após denúncias e auditoria Ceperj extingue programas sociais, Contas de luz já podem ser pagas com cartão de crédito


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Começamos o Rolé desta quinta (15) com a notícia de que sete em cada dez pessoas dizem ter medo de serem agredidas fisicamente por causa das suas escolhas políticas, de acordo com levantamento feito pelo Datafolha a pedido do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e da Raps (Rede de Ação Política pela Sustentabilidade).


Casos como o assassinato do guarda municipal Marcelo Arruda, morto a tiros na noite de 9 de julho quando comemorava o seu aniversário de 50 anos com uma festa alusiva ao PT em Foz do Iguaçu (PR), retratam uma realidade apontada pelo estudo "Violência e Democracia: Panorama Brasileiro Pré-Eleições de 2022", divulgado hoje. Informações Uol: Datafolha: 7 em cada 10 pessoas dizem temer agressões por razão política



E o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, anunciou nesta quinta que o projeto-piloto com biometria nos testes de integridade das urnas será feito em 18 estados e no Distrito Federa, em 56 aparelhos.


A amostragem das urnas representa 8,79% dos equipamentos que já haviam sido destinados pelo TSE para a realização dos testes de integridade, 641. As outras 583 urnas serão submetidas ao teste que já é realizado pela Justiça Eleitoral. O Extra noticiou: TSE diz que teste proposto por militares será feito em 56 urnas, em 18 estados e no DF




A Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio (Ceperj) vai extinguir programas sociais e fazer um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), para regularizar a prestação de contas de pagamentos.


O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) investiga irregularidades no Ceperj, como acumulação de cargos por agentes públicos, falta de comprovação da prestação de serviços contratados, pagamentos com ordem bancária e pagamentos por serviços em núcleos desativados, além do aumento repentino de despesas no órgão. Em Agência Brasil: Após denúncias e auditoria, Ceperj extingue programas sociais


Finalizamos o Rolé de hoje com a notícia de que o pagamento da conta de luz já pode ser feito por meio do cartão de crédito. A modalidade já está disponível na Agência Virtual da Enel Rio, por meio do site.


Segundo informou a empresa, nesta quarta, essa ação serve para flexibilizar os pagamentos das contas de energia e para auxiliar no equilíbrio do orçamento familiar. vimos no Enfoco: Contas de luz já podem ser pagas com cartão de crédito

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.






POLÍTICA