top of page

Rolé: Extrema pobreza bate recorde no Brasil em dois anos de pandemia, diz IBGE

E mais: Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda, Incêndio atinge igreja em Piedade, Tite poupa titulares e escala Rodrygo, Martinelli, Antony e Gabriel Jesus

Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress
Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress

Começamos o Rolé desta sexta (2) com a triste notícia que a pandemia da covid-19 fez disparar a pobreza no Brasil. Dados divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que, em 2021, o número de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza aumentou 22,7% na comparação com 2020. Já o número de pessoas em situação de extrema pobreza saltou 48,2% no mesmo período.


Os dois aumentos foram recordes, segundo o IBGE. Desde 2012, o país nunca havia registrado um avanço tão grande da pobreza e, sobretudo, da extrema pobreza. Em números absolutos, 11,6 milhões de brasileiros passaram a viver abaixo da linha da pobreza. Outros 5,8 milhões passaram a viver em condições de extrema pobreza. Em G1: Extrema pobreza bate recorde no Brasil em dois anos de pandemia, diz IBGE


E após dois anos de pandemia, em 2021, um em cada quatro jovens brasileiros de 15 a 29 anos, o equivalente a 25,8%, não estudava, nem estava ocupado. Mais da metade - 62,5% - é mulher.


Os dados fazem parte da Síntese de Indicadores Sociais (SIS): uma análise das condições de vida da população brasileira 2022, divulgada hoje no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Agência Brasil noticiou: Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda



Um incêndio atingiu, nesta sexta uma Igreja Internacional da Graça de Deus em Piedade, na Zona Norte do Rio. O fogo já foi controlado e não há registro de vítimas. Até o momento, não há informações sobre o que causou as chamas. Vimos no Dia: Incêndio atinge igreja em Piedade


Finalizamos o Rolé desta sexta com notícia de que a seleção brasileira está definida para enfrentar Camarões na tarde de hoje, às 16h (de Brasília), pela última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo do Qatar 2022. Como já era certo, Tite decidiu poupar titulares no duelo.


Já classificado para as oitavas de final, o Brasil vai a campo com: Ederson; Dani Alves, Éder Militão, Bremer e Alex Telles; Fabinho e Fred; Antony, Rodrygo e Gabriel Martinelli; Gabriel Jesus. Dos titulares, só Militão e Fred iniciaram a última partida contra a Suíça. Tá no Uol: Tite poupa titulares e escala Rodrygo, Martinelli, Antony e Gabriel Jesus

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA

KOTIDIANO