top of page

Rolé: Polícia encontra mais 3 corpos que podem ser de chacina no DF

E mais: Polícia apura invasão de traficantes na Gardênia Azul, dominada há 30 anos por milícia, Vigilância Sanitária de SG fiscaliza veterinárias e pet shops, Sebrae leva empreendedorismo a comunidades carentes do RJ


Foto: Divulgação/Polícia Militar de Goiás
Foto: Divulgação/Polícia Militar de Goiás

Começamos o Rolé desta terça (24) com a notícia de que a Polícia Civil do Distrito Federal informou na madrugada de hoje que encontrou mais três corpos supostamente relacionados ao desparecimento de 10 pessoas da família da cabelereira Elizamar da Silva.


Eles estavam dentro de uma cisterna, em Planaltina, no DF. Três suspeitos foram presos pelo crime e um quarto é procurado. Em G1: Chacina no DF: polícia encontra mais três corpos de possíveis vítimas desaparecidas


E no Rio de Janeiro, a Polícia Civil investiga a informação de que traficantes da maior facção criminosa do Rio estão em parte da comunidade Gardênia Azul, em Jacarepaguá, na Zona Oeste, desde a noite de segunda.


Há suspeita de que os criminosos tenham partido da favela vizinha, Cidade de Deus, no mesmo bairro. A Gardênia Azul é dominada há três décadas por milicianos, mas também é alvo de disputas entre paramilitares rivais. Tá no Extra: Polícia apura invasão de traficantes na Gardênia Azul, dominada há 30 anos por milícia



A Prefeitura de São Gonçalo informou que o Departamento de Controle de Zoonoses e Vigilância Sanitária da cidade fez parceria com o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV/RJ) para fiscalizar as clínicas, hospitais veterinários e pet shops da cidade.


As ações, que também acontecerão no período noturno em locais que funcionam 24h, têm o objetivo de reprimir a prática da atividade ilegal de medicina veterinária, o funcionamento dos estabelecimentos clandestinos e os legais irregulares. Vimos no Dia: Vigilância Sanitária de São Gonçalo fiscaliza veterinárias e pet shops


Finalizamos o Rolé de hoje com a notícia de que instituições do Terceiro Setor que atuam com capacitação profissional e geração de renda para pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica residentes em comunidades podem se inscrever até o próximo dia 10 de fevereiro para a chamada pública Conexão Sebrae Terceiro Setor.


Serão selecionadas 20 instituições de todo o estado do Rio de Janeiro. No dia 28 de fevereiro, elas participarão de reunião com o Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae RJ) para propor um cronograma de ação para o ano de 2023. As inscrições são feitas pelo site. Em Agência Brasil: Sebrae leva empreendedorismo a comunidades carentes do Rio de Janeiro

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.




POLÍTICA