top of page

Rolé: RJ tem tendência de queda no número de casos de covid

E mais: Rio segue em estágio de mobilização devido às condições do tempo, Atos de vandalismo em Brasília terminam sem nenhum preso, Margareth Menezes aceita convite de Lula para assumir Ministério da Cultura


Foto: Reuters/Fiona Goodall/Direitos Reservados
Foto: Reuters/Fiona Goodall/Direitos Reservados

Começamos o Rolé desta terça (13) com a notícia de que o número diário de novos casos da covid-19 na cidade do Rio de Janeiro apresenta tendência de queda desde o fim de novembro, caindo de uma média móvel de sete dias de 4.483 em 19 de novembro para 364 no dia 11 de dezembro. Os dados estão no painel do Observatório Epidemiológico da prefeitura.


O avanço da vacinação contra a covid-19 na cidade continua lento, depois da ampla cobertura atingida pelas duas doses do ciclo básico de imunização contra a doença, iniciada em fevereiro de 2021 com os idosos e depois para a população adulta. Em Agência Brasil: Covid-19: Rio de Janeiro tem tendência de queda no número de casos


E a cidade do Rio de Janeiro segue em Estágio de Mobilização nesta terça, devido às condições do tempo. A previsão é de pancadas de chuva, com intensidade moderada, ocasionalmente forte, a qualquer momento do dia. O Dia noticiou: Rio segue em estado de mobilização devido às condições do tempo


O entorno da sede nacional da Polícia Federal, em Brasília, amanheceu nesta terça com um rastro de destruição após apoiadores bolsonaristas tentarem invadir o prédio, em protesto à prisão de um líder indígena determinada pela Justiça após um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR)


Carcaças de ônibus e carros queimados, lixeiras e caçambas derretidas, placas derrubadas e muito lixo, pedaços de pau e pedras se espalhavam pelas ruas do setor hoteleiro norte. O cheiro de ferro e plástico queimado ainda pairava no ar. Tá no Extra: Carcaças de ônibus queimados e delegacia apedrejada: atos de vandalismo em Brasília terminam sem nenhum preso


Finalizamos o Rolé de hoje com a notícia de que a cantora Margareth Menezes informou nesta terça que aceitou o convite do presidente eleito Lula (PT) para assumir o Ministério da Cultura a partir de 2023.


Margareth Menezes deu a declaração ao conceder entrevista coletiva no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, onde atua a equipe de transição de governo. Em G1: Margareth Menezes diz que aceitou convite de Lula para assumir Ministério da Cultura

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.