top of page

São Gonçalo promove Dia D de Vacinação Infantil

Além do imunizante contra covid todas as vacinas estarão disponíveis


Divulgação
Divulgação

O Dia D da vacinação infantil acontece em São Gonçalo neste sábado (12). Além da vacina contra o coronavírus para as crianças entre 5 e 11 anos, todas as outras vacinas estarão disponíveis para a atualização da caderneta de vacinação. A ação da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo oferece 38 locais, que vão funcionar das 8h às 17h. São Gonçalo tem uma população estimada de 92.060 crianças e 37.705 foram vacinadas, um percentual de 40,96%.


“É um dia para os responsáveis colocarem a caderneta de vacinação das crianças em dia, mas principalmente se vacinar contra o coronavírus. Ainda falta mais da metade dessa população ser vacinada. O imunizante é seguro e não há nenhum caso de efeito colateral nas crianças que já receberam a vacina na cidade”, disse o secretário municipal de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo, Dr. Gleison Rocha, acrescentando que a criança que tomar a vacina contra o coronavírus deve esperar 15 dias para ter qualquer outra vacina aplicada.


A secretaria já recebeu do Ministério da Saúde 47.010 doses do imunizante Pfizer pediátrico, mas também vacina os menores com a Coronavac. Os efeitos colaterais graves das vacinas são raríssimos. Para a vacinação com a primeira dose, os pais devem levar a caderneta de vacinação, cartão do SUS, identidade e CPF. Esses dois últimos da criança e de um dos pais.


Os pais que não tiverem como levar os filhos menores de 12 anos para a vacinação devem fazer documento por escrito (pai ou mãe) para qualquer pessoa com mais de 18 anos levar a criança até o ponto de vacinação. Neste caso, o genitor que assinar a declaração também deve entregar um documento de identidade com foto para o responsável provar a autenticidade do consentimento.


Para a segunda dose, basta apresentar o comprovante de primeira dose e documento de identificação. Os pais também devem prestar atenção no intervalo de vacinas. Caso a criança tenha tomado alguma outra vacina, deve-se esperar 15 dias para a vacinação contra o coronavírus.

Acamados – Para as crianças entre 5 e 11 anos, os responsáveis devem enviar e-mail para: vacina.acamados.sg@gmail.com para solicitar a vacinação em casa com as seguintes informações: nome, endereço, comorbidade ou deficiência permanente, motivo de ser acamado, idade e telefone para contato.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.





POLÍTICA