top of page

Trabalhadores da CLIN reivindicam aumento salarial em manifestação

Funcionários também pedem aumento no valor do vale-refeição e diminuição da carga horária

Foto: Reprodução Vídeo
Foto: Reprodução Vídeo

Nesta segunda (17.abr.23) trabalhadores da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin) cruzaram os braços e fizeram uma grande manifestação por aumento salarial, do vale-refeição e diminuição da carga horária, "incompatível e insustentável para os garis", de acordo com relatos de lideranças do movimento.


Os funcionários também denunciaram a desigualdade entre os salários recebido pelos concursados e pelos comissionados, esse último chegando a ser dez vezes maior, segundo Antoniel, integrante da Comissão de Garis da Clin.


Presente ao ato, o presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Câmara, o vereador Daniel Marques Frederico (União), orientou o Sindicato e Comissão dos Trabalhadores da companhia de limpeza a fazer uma reunião na próxima terça-feira (18), para receber uma resposta oficial.



Marques também sugeriu as trabalhadores que fizessem pressão na Prefeitura.


“Minha sugestão, o que eu faria, iria para frente da prefeitura, faria uma movimentação lá com todos vocês, porque é importante ter peso, porque lá tem o cara que decide quanto vai gastar na CLIN.”


A direção da Clin, em nota, informou que "receberá representantes do Sindicato dos Trabalhadores das Empresas de Asseio e Conservação dos Municípios de Niterói, São Gonçalo, Rio Bonito e Itaboraí, amanhã (18), às 10h, na sede da Companhia, para darem continuidade às negociações.


Na proposta da Clin enviada à categoria, o aumento salarial está no percentual de 8,91%, insuficientes, segundo representantes da comissão, para compensar as perdas acumuladas desde 2011, último ano de aumento real do salário dos trabalhadores.


Com informações de O São Gonçalo.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso canal do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.