top of page

Traficantes do Morro do Feijão são principais suspeitos da morte de Cici Maldonado

Vereador morreu com um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto em frente a própria casa


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Traficantes do Morro do Feijão, em São Gonçalo, são os principais suspeitos da morte do vereador Aldecyr Maldonado, conhecido como Cici Maldonado (PL), na última terça (8). A comunidade fica próxima ao local onde o parlamentar foi baleado.


A suspeita da Polícia Civil se dá mesmo com a divergência entre as informações colhidas em depoimento e a versão apresentada pela Polícia Militar.


De acordo com os depoimentos colhidos, dois assessores deixaram Cici em sua casa, na Rua Antenor Martins, e seguiram até o fim da via para manobrar o carro e ir para a rua principal. Porém, eles encontraram uma barricada do tráfico de drogas no caminho.


Assustados com a situação, eles tentaram fazer o retorno, porém, traficantes da região teriam atirado contra os assessores. Eles se esconderam em uma casa e ligaram para duas pessoas, sendo uma o sogro de um deles e o vereador. Os dois foram até o local.


Após a ligação, Cici saiu de casa armado para resgatar os assessores e a polícia ainda não sabe quem atirou primeiro. Também não foi confirmado que tenha acontecido um assalto no local, como foi informado inicialmente.



Versão da Polícia Militar


Inicialmente, a versão era de que Aldecyr chegava em casa, no Porto da Madama, quando foi vítima de uma tentativa de assalto e acabou sendo baleado por criminosos. O ataque aconteceu por volta das 23h e a vítima estava com dois assessores, que não se feriram.


De acordo com a prévia da PM, os dois assessores haviam deixado o vereador em casa e testemunharam um roubo a uma moto. A dupla, então, ficou com medo de que os assaltantes roubassem o carro e se esconderam em uma casa na mesma rua. Eles ligaram e avisaram Cici, que saiu da residência armado para checar a situação. Nesse momento, teria acontecido uma troca de tiros e o parlamentar foi atingido na cabeça. A arma que teria sido usada pelo vereador não foi encontrada pelos agentes.


Ainda segundo a corporação, equipes foram acionadas para a Rua Antenor Martins, onde foram informadas que uma vítima baleada foi levada para o Pronto Socorro Central de São Gonçalo. A prefeitura da cidade informou que o vereador deu entrada na unidade de saúde no fim da noite de ontem e chegou a ser levado para a sala vermelha, mas acabou morrendo.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) investiga o caso.


*Com informações O Dia


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso canal do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.




POLÍTICA