top of page

UFF cria Centro de combate às fake news e à desinformação

A inauguração do Codes acontecerá no dia 17 de maio de 2024

O professor Afonso de Albuquerque é o coordenador do INCT. Foto: Divulgação
O professor Afonso de Albuquerque é o coordenador do INCT. Foto: Divulgação


A Universidade Federal Fluminense (UFF), por iniciativa do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Disputas e Soberanias Informacionais (INCT/DSI), está inaugurando, neste mês de maio, o Centro de Referência para o Ensino do Combate à Desinformação (Codes), que busca sistematizar os estudos de desinformação no país.


A inauguração do Codes acontecerá no dia 17 de maio de 2024, às 11h, no Auditório da Pós-graduação do Novo IACS, Bloco J, Campus do Gragoatá, em Niterói/RJ.


"Nos últimos anos, vimos emergir um cenário em que o avanço das mídias sociais propiciou um aumento na disseminação de notícias falsas, afetando negativamente esferas da sociedade que vão desde a política até a saúde pública. Nesse contexto, com o propósito de sistematizar as pesquisas e construir um currículo acadêmico relativo à desinformação, o Codes oferece um caminho para suprir essas lacunas, criando as bases para uma inteligência nacional sobre o tema, formando quadros qualificados capazes de formular políticas públicas e auxiliar organizações do Estado e da sociedade civil", diz trecho da justificativa de criação do Codes.

Coordenado pelo professor Afonso de Albuquerque, e com participação da professora Thaiane Moreira de Oliveira, ambos do Programa de Pós-graduação em Comunicação (PPGCOM/UFF), o objetivo do Codes é elaborar um currículo para os estudos de desinformação no Brasil, através da formulação de diretrizes para a oferta de cursos sobre desinformação, discursos de ódio e teorias da conspiração, buscando respaldo teórico em pesquisas brasileiras, com o intuito de valorizar uma perspectiva soberana sobre o tema.


Serviço:

Inauguração do Centro de Referência para o Ensino do Combate à Desinformação (Codes/UFF)

Data: 17 de maio de 2024


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.


Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

POLÍTICA