top of page

Valesca Popozuda conta que superou tabu após descobrir prazer no sexo anal: 'Isso me leva às nuvens'

Cantora revela que adora brinquedos eróticos na hora H: 'Tenho uma mala cheia deles debaixo da cama'

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução


Para Valesca Popozuda não há tabu quando o assunto é sexo. A cantora conta que perdeu a virgindade aos 16 anos em seu primeiro relacionamento. Segundo a artista, ela não atingiu o ápice no fim da relação sexual, o que, para ela, não foi bom. Com o passar do tempo, Valesca descobriu uma nova sensação do prazer: através do sexo anal.



— Amo fazer sexo anal. Fui descobrindo que eu tinha esse desejo... Mas a pessoa tem que me conquistar na cama para ganhar. Não é com qualquer um que pratico. Quando desperta o tesão profundo, eu preciso botar essa adrenalina pra fora. Aí eu libero — conta.


A cantora ainda completa: — Sinto muito mais tesão no sexo anal do que no vaginal. Descobri que gostava quando experimentei um vibrador. Isso me leva às nuvens.


Rata de sexy shop, Valesca Popuzuda se diz adepta aos brinquedos eróticos. De acordo com a cantora, ela tem vários vibradores e consolos em seu quarto para satisfazê-la.


— Amo vibradores, tenho vários, perdi as contas. Do lado da minha cama deve ter uns cinco. E debaixo deve ter uma mala cheia. Eu era rata de sex shop. Tenho um consolo que é um pênis que cola na parede, que cola no chão. Também tenho um brinquedo em formato de coelhinho com várias funções, dá pra brincar legal. Quando tô com vontade, vou lá e uso. Às vezes, eles são melhores do que um homem. Prefiro mil vezes eles do que ter um homem ao meu lado — explica.


*Com informações Extra


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA