top of page

Entrega à adoção é legal e gestante tem direito ao sigilo

E mais: Conselhos de enfermagem vão apurar denúncia de vazamento de informações de Klara Castanho, Pastor abre semana do orgulho LGBTQIA+ pedindo respeito em Maricá, Inscrições para o Sisu começam nesta terça (28)


Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Começamos o Rolé desta segunda (27) abordando um assunto de extrema importância e que deve ser publicizado para que todos possam entender que a decisão de entregar uma criança para adoção é legalmente permitido.


Nesse sentido, a entrega voluntária de bebês à adoção não é crime. Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), "a gestante ou mãe que manifeste interesse em entregar seu filho para adoção, antes ou logo após o nascimento, será encaminhada à Justiça da Infância e da Juventude". O sigilo no processo é direito da gestante e também da criança.


No sábado (25) a atriz Klara Castanho revelou ter engravidado após estupro e entregue a criança à adoção. "Procurei uma advogada e conhecendo o processo, tomei a decisão de fazer uma entrega direta para adoção.


Passei por todos os trâmites: psicóloga, ministério público, juíza, audiência - todas etapas obrigatórias", escreveu em carta aberta. Informações O Dia: Klara Castanho: entrega à adoção é legal e gestante tem direito ao sigilo


E o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) anunciaram neste domingo (26) que vão apurar a denúncia da atriz Klara Castanho de uma enfermeira teria a abordado e ameaçado divulgar para a imprensa informações sobre a entrega para adoção de bebê fruto de um estupro. Em G1: Conselhos federal e regional de Enfermagem vão apurar denúncia de Klara Castanho sobre vazamento de dados sigilosos




Em Maricá, a programação da Semana do Orgulho LGBTQIA+ teve o pontapé inicial neste domingo. O pastor Oliver Goiano foi um dos participantes do ato interreligioso. Ele aproveitou para dizer que, embora haja discordâncias de interpretação bíblica, tem que haver respeito na pauta de direitos humanos da comunidade.


"Quando um pastor levanta essa bandeira, está defendendo um símbolo bíblico de aliança entre Deus e os homens e entre os homens, uns com os outros", explicou. Tá no Enfoco: Pastor abre semana do orgulho LGBTQIA+ pedindo respeito em Maricá


Finalizamos o Rolé de hoje com a notícia de que começam nesta terça (28) as inscrições para o segundo processo seletivo de 2022 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os candidatos às vagas que serão oferecidas pelas instituições públicas de ensino superior deverão ficar atentos porque o prazo é curto, e terminará no dia 1º de julho. Em Agência Brasil: Inscrições para o Sisu começam amanhã


A Redação do Jornal Daki manifesta solidariedade à Klara Castanho e a todas as Mulheres vítimas das mais diversas violações.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.




POLÍTICA