top of page

Feriadão coincide com Defeso do Caranguejo; Vai pra Maricá? Se vacine


Fotos: Reprodução
Fotos: Reprodução

Começando o Rolé desta sexta (08) reforçando que o uso do passaporte de vacinação é obrigatória em locais de uso coletivo em Maricá. A gente sabe que a frente fria chegou, mas se você quiser ir à cidade da Costa do Sol se liga pra não se estressar à toa. Lugares como supermercados, por exemplo, tá exigindo o passe. Tranquilo?


Seguimos em frente com o Enfoco, que traz em destaque uma perseguição na BR envolvendo veículos de criminosos a uma van com carga de cigarros. O condutor avisou a Polícia que conseguiu prender um suspeito, em Itaboraí.



Um outro caso envolvendo carga ocorreu no Abacatão, no bairro Boa Vista, segundo A Tribuna: "Homem é preso em ação contra roubos de carga em São Gonçalo".


Diz o site do jornal que um Grupamento de Ações Táticas (GAT) realizava a ação de policiamento com o objetivo de reprimir crimes do tipo em um local onde há altos índices da prática. Na região, acabou acontecendo tiroteio entre os agentes e criminosos que atuam na área e um deles foi preso com drogas embaladas para a venda, de acordo com a Polícia.


E por falar em estrada. Hoje começa o feriadão nacional, e com o ponto facultativo no estado e municípios, as estradas estarão bastante movimentadas, como nos lembra O Fluminense: "Polícia Rodoviária inicia operação nas estradas federais".



As atividades se estenderão até as 23h59 da próxima terça-feira. Estão previstos reforços do policiamento ostensivo preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade.


E pra finalizar hoje o Rolé, neste feriadão não pode ter caranguejada, hein!? Por quê? Tá no O São Gonçalo: "Defeso do caranguejo: proibida a captura e comercialização durante o período".


A Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública informa que tem início deste mês a 31 de dezembro, o período de defeso dos caranguejos uçá (Ucides cordatus) e guaiamum (Cardisoma guanhumi) em todo o Sudeste, de acordo com as Portarias do IBAMA N° 52/2003 e 53/2003, respectivamente.


Isso significa que está proibida a captura, manutenção em cativeiro, transporte, beneficiamento, industrialização, armazenamento e comercialização das espécies durante o período, que vai até o dia 30 de novembro para o caranguejo-uçá macho e se estende até o dia 31 de dezembro somente para as fêmeas.



Já para o guaiamum, o período de proteção é um pouco maior: até o dia 31 de março de 2022. O período de defeso é importante para garantir a proteção da época mais vulnerável do ciclo de vida dessas espécies e, consequentemente, a sua preservação e a recuperação dos estoques.


***

Acompanhe a gente em nosso canal no Telegram, no WhatsApp e em nossas redes sociais @jornaldaki. Chega junto com sugestões pra esse rolé chegar o mais longe possível.



POLÍTICA