top of page

Moradores denunciam falta de água em São Gonçalo

E mais: Criminosos são presos durante perseguição na Avenida Brasil, Polícia prende integrantes de quadrilha do golpe 'boa noite, Cinderela', Desaparecidos no RJ entre janeiro e março já supera 2021 inteiro, Festival no Rio comemora Dia Mundial da Dança


Foto: Arquivo/Pedro Conforte
Foto: Arquivo/Pedro Conforte

Começamos o Rolé desta sexta (29) com a notícia de que moradores do bairro Porto Velho, SG, estão sofrendo com a falta de água há pelo menos duas semanas e de acordo com relatos, alguns já não conseguem nem ao menos usar o banheiro. Pelas ruas do bairro, apenas torneiras secas e louças acumuladas.


A vendedora Margarete Peixoto, moradora da rua Doutor João Batista dos Santos, vive sozinha e conta que já não aguenta mais ter que lidar com a situação precária com a falta do recurso.


"Já faz uns 12 dias que não cai água hora nenhuma. Já procuramos [Águas do Rio] e eles não atendem. Inclusive, eu tenho uma vizinha que ligou para lá e eles só retornaram 2h da manhã." Informações Enfoco: 'Nem pra beber', moradora denuncia falta de água há 15 dias em SG


E uma perseguição entre a Avenida Brasil e a Rodovia Presidente Dutra terminou com quatro criminosos presos e um caminhão com uma carga avaliada em R$ 160 mil recuperada.


O crime aconteceu por volta das 22h desta quarta (28), quando os bandidos roubaram a carreta, na altura da comunidade Cidade Alta, na Zona Norte, e fizeram o motorista refém, o obrigando a dirigir o veículo. O Dia noticiou: Criminosos são presos durante perseguição na Avenida Brasil e na Via Dutra


Policiais da 12ª DP (Copacabana) cumpriram mandado de prisão preventiva contra Marcio de Carvalho Justo, de 43 anos, e Luiz Henrique Gandra de Souza, de 27 anos, pela prática de roubo majorado pela restrição da liberdade da vítima ao dopar as vítimas.


Os dois homens apontados como integrantes de uma quadrilha especializada no golpe conhecido como "boa noite, Cinderela" foram presos nesta quinta (28). Tá no Extra: 'Boa noite, Cinderela': polícia prende integrantes de quadrilha especializada no golpe em bares da Zona Sul do Rio


No Estado do Rio de Janeiro, o número de desaparecimentos de pessoas nos três primeiros meses de 2022, já supera os registros do mesmo período de 2021. No total, foram 1.416 casos contra 1403, entre janeiro e março, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP).


O crescimento deste primeiro trimestre é ainda maior na Baixada Fluminense. Em Belford Roxo, houve notificação de 21 desaparecimentos, quando, em todo o ano de 2021, foram 15 casos. Já em Nova Iguaçu, eles somaram 33 de janeiro a março, contra os 22 ao longo dos 12 meses, aumento de 31%. Informações Brasil de Fato: Número de desaparecidos no RJ entre janeiro e março já supera 2021 inteiro; Baixada lidera


Finalizamos o Rolé de hoje com a notícia de que quatorze grupos com protagonismo negro no cenário da dança iniciam hoje (29), Dia Mundial da Dança, a quinta edição do Festival Sesc EntreDança, considerado um dos maiores eventos do gênero no país.


Dando continuidade ao tema da última edição - O corpo negro -, o festival vai percorrer cinco cidades fluminenses (Rio de Janeiro, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paraty e Petrópolis) até o dia 16 de maio. Na programação, estão obras de dança criadas e executadas por artistas negros. Vimos em Agência Brasil: Festival no Rio comemora Dia Mundial da Dança


Bom final de semana!

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.




POLÍTICA