top of page

Posse na Aglac terá apresentação teatral e musical, revela Décio Machado

Cerimônia, que será realizada nesta quinta (28), empossará quatro novos membros da Academia

Décio Machado é presidente da Aglac/Foto: Divulgação
Décio Machado é presidente da Aglac/Foto: Divulgação

A Coluna Cultura e Lazer do Jornal Daki tem a honra de entrevistar uma figura ilustre da cidade de São Gonçalo: DÉCIO MACHADO, presidente da AGLAC - Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciência. Nascido na cidade de São Gonçalo, formado em administração, romancista e artista plástico, membro da cadeira nº 20 (Joaquim Nabuco).


A entrevista foi realizada pelo titular da Coluna, Rofa Araújo, que também é acadêmico titular da cadeira nº 6, tendo como patrono o educador Anísio Teixeira.


O nosso entrevistado fala um pouco sobre a tradicional academia da cidade de quase 50 anos, seus projetos e expectativa para a posse de novos membros no dia 28 de abril de 2022.


Para quem ainda não conhece, como é o trabalho da tradicional AGLAC – Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciência que congrega os artistas “imortais” de nossa cidade de São Gonçalo?


Reconhecer e valorizar os fazedores de cultura de nossa cidade. Além de promover concursos, palestras apresentações em eventos culturais, popularizando e conscientizando o poder público em utilizar os livros dos nossos autores nas escolas.


Qual a emoção de como autor de livros (citar quantos e principais) da cidade, presidir a tradicional AGLAC?


Sou autor de 6 livros: Zé MALLETA, ADAFLOR, Passarinho Passará, O REVISOR, O Capitão da Luz e Iverson o Caçador de Letras. Como escritor e editor de livros tenho a consciência do papel social de uma Academia de Letras. Como presidente me sinto extremamente gratificado e extremamente motivado para continuar promovendo o desenvolvimento da AGLAC. Tive a sorte de ter uma bela equipe de imortais ao meu lado, já que tenho a convicção de que ninguém faz nada sozinho.



3) Quantos sãos os imortais da AGLAC? Estão com as vagas titulares completas ou a completar? Como está a recepção dos novos 4 acadêmicos que tomam posse no dia 28 de abril?


A AGLAC é composta por 60 membros. Infelizmente a AGLAC ficou sem funcionamento durante 2 anos por motivo dessa fatídica pandemia, e perdemos muitos acadêmicos. Agora daremos posse a 4 novos imortais, e abriremos vagas para mais 6. Só tenho a dizer que os novos acadêmicos estão conscientes da responsabilidade em assumir as cadeiras que ficaram vagas. Nesse dia prestaremos merecidas homenagens a dois importantes acadêmicos: ao Professor Helter Barcelos que nos deixou recentemente, e o Fundador e Idealizador da AGLAC, o Professor Oton São Paio.


Diretoria da Aglac em 2017/Foto: Divulgação
Diretoria da Aglac em 2017/Foto: Divulgação

A AGLAC tem alguns planos elaborados de colaborar com a cultura da cidade de São Gonçalo, nas áreas de música, literária e dramaturgia?


Na literatura iremos realizar o Segundo Concurso Nacional de Contos, e já estamos idealizando outros concursos que será logo divulgado. Já entramos em contato com a direção da Metropolitana II, e iremos assinar uma grande parceria, onde cada acadêmico vai adotar duas escolas do estado em nosso município, e se tornará padrinho das salas de leitura e bibliotecas. Assim poderá divulgar os seus livros, auxiliar no café literatura, promover palestras e outras atividades afins para todos os alunos.


Logo procuraremos a rede municipal para propor o mesmo projeto.


Na área musical temos a compreensão que toda letra de música é um poema, sendo assim, já estamos dando apoio aos músicos de nossa região, divulgo então, que no dia da posse dos novos acadêmicos mostraremos o talento do grande compositor e cantor Ian Medeiros, nascido e criado em são Gonçalo. Já que o nosso município é um celeiro de talentos. Além disso estamos com o propósito de criar um hino para a AGLAC.


Na dramaturgia também iremos apresentar uma bailarina que fará uma bela encenação teatral, compartilhando música e dança, que servirá de inspiração para o desenvolvimento de novos projetos culturais da AGLAC.


Rofa Araújo na cerimônia de sua posse como imortal em 2017 ao lado de Décio Machado/Foto: Divulgação
Rofa Araújo na cerimônia de sua posse como imortal em 2017 ao lado de Décio Machado/Foto: Divulgação

Qual mensagem deixa para os artistas “pratas da casa”, de São Gonçalo, que gostariam de participar de alguma forma dos trabalhos da AGLAC e quem sabe futuramente fazerem parte desta prestigiosa academia?


A mensagem deixada é muito simples e objetiva. Venham para a AGLAC, participem de nossas reuniões e tragam sugestões. Juntos faremos a cultura desenvolver, juntos faremos o possível e iremos em busca do que ainda não foi realizado. Dando as mãos seremos mais fortes.


TUDO PELA CULTURA. TUDO PELA AGLAC.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.