top of page

Priorizando o irrelevante e desprezando o prioritário da vida - por Pastor Alair Lima


Foto: Divulgação internet
Foto: Divulgação internet

É assustador, vermos como que muitas pessoas não priorizam o que é indispensável para a vida. Quero em alguns pontos apresentar alguns exemplos para ser mais pedagógico e claro:


· Aquela pessoa que não poupa, planejando o futuro, deixa de priorizar o essencial e fica vulnerável para enfrentar a fase da 3ª Idade;

· Aquele pai que não coloca os estudos dos filhos em primeiro lugar, abre mão de algo que deveria ser prioritário;

· Aquele trabalhador autônomo que não pagou sua previdência no decorrer da vida, como será sua aposentadoria no futuro? ;

· O empresário que não preparou bem o seu estoque, como será o futuro do seu comercio? ;

· Profissionais como Advogado, professor e Pastor, que fez somente a formação e não deu continuidade aos estudos, tornar-se-á um profissional meio a boca;

· O Jogador de Futebol que não agiu como atleta e não cuidou da sua saúde e performance como atleta, foi o obrigado a uma aposentadoria precoce, este foi o resultado em desprezar algo tão importante;


Coloquei aqui somente alguns poucos exemplos de profissionais que nos ajuda muito a refletir sobre o tema, que nos desafia a priorizar o que é relevante.


Na verdade, estou propondo a refletirmos sobre o que é essencial, o que é indispensável, o que é prioritário. Nestes dias tão difíceis, quando não conseguimos alcançar todos os nossos objetivos, precisamos estar focados nas prioridades com a finalidade de amenizar nossos sofridos dias.



Como estamos a 65 dias das eleições em nosso país e considero o mês de outubro um mês muito importante pra tal decisão. Aproveito para chamar a sua atenção para as ações dos políticos que não priorizam o que é relevante e desprezam o que deveria ser essencial para o este povo tão sofrido..


Primeiro quero afirmar que os políticos assim fazem pois é mais fácil, mais barato e dão resultados imediatos, isso tudo também porque o povo não avalia como eles devem ser avaliados, mas a hora que o povo avaliar corretamente eles vão aprender com o próprio povo que estas ações não são sustentáveis e contribui muito pouco para o crescimento de um verdadeiro povo. E que nada disso vai ajudar o povo a enfrentar os seus problemas.


Assim também são os políticos que só fazem obras para enganar o povo. Obras que não deixa um legado e muito menos muda a realidade de um povo.


Em que contribui para o crescimento de uma grande cidade como São Gonçalo, Colocar asfalto em cima de uma avenida que já tem paralelepípedo? O que muda a realidade desta cidade que o nome desta cidade é cidade dormitório?


Agora quantas fábricas, este político conseguiu trazer pra cidade?

Qual a política de estratégia deste político para atrair novas fábricas, e novas empresas para a cidade chamada de cidade dormitório?

Qual a faculdade que ele conseguiu trazer para a cidade?

Qual o investimento dele na educação do município?

O que ele investe na saúde do município?

Como que ele trata o lixo da cidade?


Sobre emprego, você sabia que uma boa parte das empresas instaladas na cidade de Niterói seus trabalhadores são de São Gonçalo? Por que estes trabalhadores não estão desenvolvendo suas atividades aqui em nossa Cidade, sabe por quê?


A resposta é simples, é porque os políticos que dirigem a cidade não são capazes de atrair estes trabalhadores com uma política interessante e que lhe recompensa satisfatoriamente.


Então nesta eleição, não vote em políticos que não priorize o relevante e muito menos que despreze o que é prioridade. Avalie bem e vote com Consciência!

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


Alair Lima é Pastor Presidente da Primeira Igreja Batista de Jardim Alcântara desde janeiro de 2011.