top of page

Tere Chad: 'Passamos por uma fase disruptiva da História' - por Regina Alves


Abriremos a Coluna com a Poética de Yaya Alves. Ah, esse cheiro...

 

Cheiro da terra molhada Esse cheiro da terra molhada Fusão da terra com a água O pisar úmido Alimenta a pele Faz o reset no cheirar A mente a viajar Na luz desse céu Na luz do meu caminhar Esse cheiro de terra molhada... Yaya Alves ( Conheça mais o trabalho da Poeta em seu Instagram https://instagram.com/yaya_alves_?utm_medium=copy_link )

 

DICAS DE CULTURA & LAZER DESTA SEMANA ESTÁ INCRÍVEL!


- Live de MULHERES desta quinta dia:14/10 às 20H receberá a atriz, escritora e poeta Regina Alves sob a batuta da Maria Ávila. E a Mulher Incrível que elas irão falar nesse bate papo é a Multifacetas Oprah Winfrey.


- III Edição do SARAU ENTUARTE dia:15/10 às 20:30H que terá artistas como: Varno O Nômade, Claudio Galindo, Rosania Alves, Yaya Alves, Juçara Freire, Daniel Gomez e Renata Souza. O Charmosinho vem com tudo, perde NADICA não hein! https://instagram.com/entuarte?utm_medium=copy_link

- Desconstrução e Construção do Ator Personagem deste sábado receberá no 1° Bloco às 18:30H o Poeta, Professor, Pesquisador André Xavier e no 2° Bloco às 19:30H uma Desconstrução em tempo real com Regina Alves.


- Parque de Diversões Moreno's Parque está no Carrefour Neves com brinquedos para toda família curtir juntinho. Os preços variam entre $30, a $10, reais. Para saber mais acesse a página do Instagram. Uso de máscara é obrigatório.


- Jardim Botânico e suas Belezas que nos encantam está aberto a visitação. Depois de uma pausa devido aos tempos Pandêmicos o Jardim abriu as portas com força total. E para ter acesso sendo morador do Rio basta levar comprovante de residência, comprovante de vacinação e pagar $15, a entrada. Sendo de fora do Estado do Rio comprovante de vacinação e a entrada $24, . Lembrando que no local é obrigatório o uso de máscara.


- Centro Cultural dos Correios está com Exposições de nos levar as reflexões mais profundas de nós mesmos assim como a nossa visão enquanto sociedade. Os expositores nós brindam com talento, técnicas e profundidade desde os registros da influência da Arquitetura Italiana no Rio, como Dois de Rosania Franco, In.Visível Sagrado de Gui Mazzoni que nos transporta a algo tão nosso e nos faz ver o até então impossível, Portais do Ser de Rosa de Jesus Gênese de Mario Ribaldi que nos dá a sensação de levitação através de suas obras em pedra, o Sertão Virou Mar por Azol. Conheça o Centro Cultural. Entrada gratuita basta mostrar o comprovante de vacinação e usar a máscara no espaço. Maiores informações (21)2253 -1580

R. Visc. de Itaboraí, 20 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20010-976


QUER FAZER CURSOS E MUDAR O CURSO DE SUA VIDA? E ATÉ MESMO SE APRIMORAR? Olhe as dicas.

- CIADRACA Produção Artística é uma produtora e escola de Artes , sediada em Pedra de Guaratiba, Zona Oeste do RJ. Projetos: Canal Identidade Cultural. https://instagram.com/ciadraca?utm_medium=copy_link



- Atelier Arte Everaldo Rocha está com curso pra você que que aperfeiçoar a técnica da pintura ou começar do zero. Pra saber mais acesse o link abaixo ou entre em contato pelas Redes +55 (21) 98746-9454/ +55 (21) 98881-9756 / e-mail: art.everaldo@gmail.com / R: Setenta e Dois, Q:351 Lt:38 Jardim Atlântico Leste, Itaiupuaçu - Maricá - RJ - Brasil. https://instagram.com/art.everaldorocha?utm_medium=


Cursos Livres de: Teatro Básico, Leitura Dramatizada, Oficineiros e Palestrantes com Regina Alves. Curso Livre de Teatro Básico ( seis meses de duração/ com certificado). Curso de Leitura Dramatizada (dois meses de duração/com certificado), Curso Para Oficineiros e Palestrantes ( Cinco Encontros/com certificado) Com novas turmas em aberto/ outubro. Lembrando que o Curso para Oficeneiros e Palestrantes tem cinco encontros. Turmas aos sábados de teatro. Cursos livres com preços populares. Para saber mais e-mail: regginalves@gmail.com WhatsApp: (21) 99809-6294 Instagram - @regginalves https://instagram.com/regginalves?utm_medium=copy_link


Entrevista Ping-Pong Em A Arte Sem Fronteiras - Com a Multifacetas Chilena que é Curadora no Reino Unido a Artista Plástica e Visual Tere Chad.


1. Seu nome?

Tere Chad 2. O que te move na arte? El poder tener un espacio de reflexión en dónde uno se acerca al conocimiento no desde la lógica o el pensamiento racional, sino que más bien desde la intuición y el tacto. El conectarnos con nuestro ser y entorno desde la intuición, nos permite ver cosas que solemos obviar cuando estamos sumidos en la rutina. El arte nos permite abrir diálogos de temáticas complejas que a veces cuesta abordar desde otras áreas de la sociedad. En lo personal siento que gran parte de la crisis climática que estamos enfrentando, en parte se debe a cuán desconectados estamos de nuestro entorno natural y nuestra intuición. Creo que el arte cumple un rol fundamental en ayudarnos a conectarnos con la naturaleza en otra forma y nos permite imaginar mundos mejores. T: O fato de poder ter um espaço de reflexão onde se aborda o conhecimento não a partir da lógica ou do pensamento racional, mas sim da intuição e do tato. Conectar-nos com nosso ser e meio ambiente a partir da intuição nos permite ver coisas que geralmente ignoramos quando estamos atolados na rotina. A arte nos permite abrir diálogos sobre questões complexas que às vezes são difíceis de abordar de outras áreas da sociedade. Pessoalmente, sinto que grande parte da crise climática que enfrentamos se deve, em parte, ao quanto estamos desconectados de nosso ambiente natural e de nossa intuição. Acredito que a arte desempenha um papel fundamental em nos ajudar a nos conectar com a natureza de outra forma e nos permite imaginar mundos melhores.

3. Quais são suas maiores inspirações e transpirações? Recuperar la belleza en el mundo, con esto no quiero decir que la belleza ha desaparecido, pero en cierta forma siento que estamos pasando por un periodo oscuro de la historia en que a ratos la olvidamos. Sin embargo, creo que eventualmente este periodo nos abrirá puertas para generar mejores sistemas donde coexistamos en armonía con nuestro entorno. Creo que estamos pasando por una etapa disruptiva y que como artistas debemos perseverar en que la estética y nuestra capacidad por admirar la belleza prevalezca. Obviamente, con las nuevas posibilidades tecnológicas que abre espacios a diferentes voces, los cánones de belleza ya no son rígidos y estáticos como lo solían ser y creo que ahí radica parte del desafío de los artistas en el siglo XXI: cómo dar cabida para plasmar diferentes cánones de belleza, cánones que históricamente pueden haber sido ignorados. En parte, creo que es lo que he estado intentando de realizar a través de la exhibición Neo Norte 3.0 que presentaré en la galería Myymälä2 en Helsinki, Finlandia. Neo Norte, se inspira en Joaquín Torres García para proponer al Sur como el Nuevo Norte. Reúno a un colectivo latinoamericano para dar visibilidad a la multiplicidad de identidades que convergen en Latinoamérica intentando de darle mayor visibilidad en la escena internacional. T: Recuperar a beleza do mundo, com isso não quero dizer que a beleza tenha desaparecido, mas de certa forma sinto que estamos passando por um período sombrio da história em que às vezes a esquecemos. Porém, acredito que eventualmente este período abrirá portas para que possamos gerar melhores sistemas onde convivamos em harmonia com nosso meio ambiente. Acredito que estamos passando por uma fase disruptiva e que, como artistas, devemos perseverar para que prevaleçam a estética e nossa capacidade de admirar a beleza. Obviamente, com as novas possibilidades tecnológicas que abrem espaços a diferentes vozes, os cânones da beleza não são mais rígidos e estáticos como costumavam ser e acho que aí reside parte do desafio para os artistas do século XXI: como abrir espaço para capturar diferentes cânones de beleza, cânones que historicamente podem ter sido ignorados. Em parte, acho que é isso que venho tentando alcançar com a exposição Neo Norte 3.0 que apresentarei na galeria Myymälä2 em Helsinque, Finlândia. Neo Norte se inspira em Joaquín Torres García para propor o Sul como o Novo Norte. Reúno um coletivo latino-americano para dar visibilidade à multiplicidade de identidades que convergem na América Latina, tentando dar-lhe maior visibilidade no cenário internacional.

4. O que te incomoda em sua composição, onde mais canaliza sua escrita (arte)? Quizá el manejo del tiempo… La mayoría de los procesos involucrados con la creación artística, son muy lentos, requieren de mucha dedicación y concentración. De alguna forma, los procesos de la creación artística se disocian del ritmo en el cual funciona la sociedad. Es difícil mantener el equilibrio entre estar creando y funcionando a los ritmos que la sociedad te espera que uno avance. Se me hace muy difícil explicarle a la gente la cantidad de tiempo que requiere cada pieza. De alguna forma, como artistas inconsciente o conscientemente, buscamos trascender, que la obra que generemos hoy siga teniendo sentido y pueda emocionar a alguien en 1000 años más. Por ende, el proceso tanto material cómo mental que involucra cada obra de arte, donde uno entrega parte de su corazón o alma, es un proceso muy lento que en cierta medida queda obsoleto al enfrentarse a las nuevas tecnologías y las velocidades en que funciona la sociedad de hoy. Por ello, en mi obra, me gusta explorar e integrar las nuevas tecnologías con técnicas más tradicionales para desafiar y observar cómo se encuentran estas realidades tan opuestas. T: Talvez a gestão do tempo ... Muitos dos processos que envolvem a criação artística são muito lentos, exigem muita dedicação e concentração. De alguma forma, os processos de criação artística estão dissociados do ritmo em que a sociedade funciona. É difícil manter o equilíbrio entre estar criando e funcionando nas taxas que a sociedade espera que você avance. Acho muito difícil explicar às pessoas a quantidade de tempo que cada peça leva. De alguma forma, como artistas inconscientemente ou conscientemente, buscamos transcender, que o trabalho que geramos hoje continue a fazer sentido e pode mover alguém daqui a 1000 anos. Portanto, o processo material e mental que cada obra de arte envolve, onde se dá parte de seu coração ou alma, é um processo muito lento que em certa medida se torna obsoleto diante das novas tecnologias e das velocidades com que a sociedade de hoje funciona. Por isso, no meu trabalho, gosto de explorar e integrar novas tecnologias com técnicas mais tradicionais para desafiar e observar como essas realidades muito opostas se encontram.

5. Quem é você, e como se define? Cómo una inventora creativa, amante de la naturaleza y las aventuras, a veces siento que la definición de “artista” puede reducir a los creativos, porque limita la idea de acercarse a otras áreas del conocimiento… Mientras que cómo “inventora” puedo explorar la antropología, sociología, arqueología, geometría, otros idiomas, o cualquier área del conocimiento. Creo que las ideas de la ilustración y posteriormente la revolución industrial han separado a los científicos de los artistas siendo una gran pérdida para el desarrollo de las ideas y la inovación. Hay un libro que recomiendo mucho acerca de esta temática “The Two Cultures” de C.P. Snow. De alguna forma esta tendencia está cambiando y se comienzan a ver más colaboraciones multidisciplinarias, pero aún falta… Por eso, de momento, prefiero autodefinirme como “inventora”. T: Como inventora criativa, amante da natureza e de aventuras, às vezes sinto que a definição de "artista" pode reduzir o pensamento e ideia das pessoas criativas, pois limita a idéia de abordar outras áreas do conhecimento ... Enquanto como "inventora" posso explorar a antropologia, sociologia, arqueologia, geometria, outras linguagens, ou qualquer área do conhecimento. Acredito que as ideias de ilustração e depois a revolução industrial separaram cientistas de artistas, sendo uma grande perda para o desenvolvimento de idéias e inovação. Há um livro que recomendo enfaticamente sobre esse assunto “The Two Cultures” de C.P. Snow. De alguma forma essa tendência está mudando e mais colaborações multidisciplinares estão começando a aparecer, mas ainda faltam… Então, por enquanto, prefiro me definir como uma “inventora”. 6. Qual a dica ou fala que você deixa para quem quer começar na arte ou que se descobriu na arte? Seguir su instinto y pasión, sobrevivir como artista implica muchos sacrificios y, por ende, la única manera que se sobrevive es con mucha pasión. Para ser artista hay que ser perseverantes y constantes, ya que la necesidad de crear, solo se entiende por una búsqueda incansable por alcanzar la belleza. Una búsqueda que nunca termina, para los artistas no existen las vacaciones ni la jubilación, porque la búsqueda por alcanzar la belleza nunca termina. Las obras que uno eventualmente deja quedarán cómo meras puertas para que las futuras generaciones continúen esta exploración y búsqueda por la belleza. A los que quieran incursionar en el arte, les recomiendo que sigan su instinto y corazón, porque es algo que no se puede explicar en forma mecánica es un impulso muy fuerte por crear con el que se nace. T: Seguindo seus instintos e paixão, sobreviver como artista envolve muitos sacrifícios e, portanto, a única forma de sobreviver é com muita paixão. Para ser artista é preciso ser persistente e constante, pois a necessidade de criar só se entende por uma busca incansável pela beleza. Uma busca que nunca acaba, para os artistas não há férias nem aposentadoria, porque a busca pela beleza nunca acaba. As obras que eventualmente deixar para trás permanecerão como meras portas para as gerações futuras continuarem esta exploração e busca pela beleza. Para quem quer se aventurar na arte, recomendo que sigam os instintos e o coração, porque é algo que não se explica mecanicamente, é um impulso de criar muito forte com o qual se nasce.

7. A Arte vem sendo massacrada nos últimos tempos. E tivemos perdas consideráveis. E em tempos Pandêmicos vimos como a arte cura, ajuda e liberta nesses tempos de reclusão social. Diga uma palavra para os artistas independentes e a arte INDEPENDENTE que tanto vem sofrendo em tempo de reclusão. Que el arte abre espacios de consuelo en momento de soledad, nos da la fortaleza para enfrentar minutos difíciles ya que nos permite imaginar mundos mejores. Nos ayuda a conectarnos con el tacto en momentos que no podemos abrazar a nuestros seres queridos.

En forma paralela, me gustaría agregar que cómo artistas del siglo XXI, ya no podemos evitar el “mundo digital”. De alguna forma la pandemia aceleró procesos que de todas formas sucederían… Eso no quiere decir dejar de preservar técnicas tradicionales artísticas, pero sí debemos replantear la forma en que trabajamos e integrar las posibilidades increíbles que ofrecen las nuevas tecnologías. Por ejemplo, yo no estaría respondiendo esta entrevista sino fuese por las oportunidades que se me han abierto al poder colaborar internacionalmente a través de video llamadas. Siempre existe un cierto romanticismo de la idea convencional del “artista en su taller” y un poco de escepticismo hacia las nuevas tecnologías, pero estoy segura que si los maestros del renacimiento estuviesen vivos hoy serían los primeros en incorporar las nuevas tecnologías en sus obras ya que ellos fueron pioneros en sus tiempos al desarrollar y utilizar las últimas tecnologías de la época. T: Essa arte abre espaços de conforto em momentos de solidão, nos dá força para enfrentar os minutos difíceis, pois nos permite imaginar mundos melhores. Ajuda-nos a nos conectar com o toque nos momentos em que não podemos abraçar nossos entes queridos.

Paralelamente, gostaria de acrescentar que, como artistas do século XXI, não podemos mais evitar o “mundo digital”. De alguma forma a pandemia acelerou processos que aconteceriam de qualquer maneira ... Isso não significa deixar de preservar as técnicas artísticas tradicionais, mas devemos repensar a forma como trabalhamos e integrar as incríveis possibilidades que as novas tecnologias oferecem. Por exemplo, eu não estaria respondendo a esta entrevista se não fosse pelas oportunidades que me foram abertas por poder colaborar internacionalmente por meio de videochamadas. Sempre há um certo romantismo na idéia convencional do "artista em sua oficina" e um pouco de ceticismo em relação às novas tecnologias, mas tenho certeza de que se os mestres do Renascimento estivessem vivos hoje seriam os primeiros a incorporar as novas tecnologias em seus trabalhos já que foram os pioneiros em seu tempo, desenvolvendo e usando as tecnologias mais recentes da época.


8. Onde te acho nas redes sociais e contatos? Website: www.terechad.com Instagram / Facebook / Twitter / Youtube / Vimeo: @terechad 9. Como quer que sua arte seja lembrada? Ya sería un tremendo logro que mi arte sea recordado… Es difícil responder esta pregunta sin caer en un grado de vanidad o falsa modestia. Pero si algún día mi arte es recordado, me gustaría que fuese visto como piezas atemporales que buscaban incesantemente la belleza e invitan a reconectarnos con nuestro tacto que creo que a veces se ve amenazado por las nuevas tecnologías. Espero que sea recordado como un retrato de nuestros tiempos con cierto humor, porque suelo jugar bastante con la ironía. Pero por sobretodo, espero que logre emocionar a las nuevas generaciones por venir. Cada obra debe tener el justo balance entre armonía y tensión, logrando que nuestro instinto de destrucción y creación descansen en perfecta armonía. La contemplación de aquella armonía debiese traducirse en el más puro placer estético, que no tiene otra intención de por sí que regocijarnos. T: Já seria uma conquista tremenda para a minha arte ser lembrada ... É difícil responder a essa pergunta sem cair em um grau de vaidade ou falsa modéstia. Mas se um dia minha arte for lembrada, gostaria que ela fosse vista como peças atemporais que buscam incessantemente a beleza e nos convidam a nos reconectar com o nosso toque que acho que às vezes é ameaçado pelas novas tecnologias. Espero que seja lembrado como um retrato da nossa época com um certo humor, pois costumo brincar muito com a ironia. Mas, acima de tudo, espero que estimule as novas gerações que virão. Cada obra deve ter o equilíbrio certo entre harmonia e tensão, fazendo com que nosso instinto de destruição e criação repouse em perfeita harmonia. A contemplação dessa harmonia deve traduzir-se no mais puro prazer estético, que não tem outra intenção senão alegrar-se.


***

Regina Alves é atriz, autora e produtora cultural.