top of page

Agora cai? PGR pede inquérito para investigar Bolsonaro no caso Covaxin

Bolsonaro será investigado no STF em suposto esquema de corrupção na negociação para compra de vacinas indianas denunciado pelos irmãos Miranda


Bozo no Taj Mahal/Reprodução Internet
Bozo no Taj Mahal/Reprodução Internet

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu nesta sexta-feira (2) a abertura de um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar Jair Bolsonaro por crime de prevaricação no caso de corrupção na compra de vacinas pelo Ministério da Saúde.


O deputado Luís Miranda (DEM-DF) e seu irmão, o servidor da pasta Luís Ricardo Miranda, alertaram Bolsonaro sobre suspeita de corrupção na contratação da vacina indiana Covaxin. O presidente não atuou após ter sido informado das irregularidades.


No pedido, o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, defende que as circunstâncias do aviso dado ao presidente sejam esclarecidas.


Outra questão levantada é sobre se há indícios de que o crime teria sido cometido para satisfazer interesse próprio.


O pedido ocorre após a ministra do STF Rosa Weber ter rejeitado pedido da PGR solicitando que investigações sobre o envolvimento de Bolsonaro ocorressem depois da CPI da Covid. Segundo a ministra, a apuração da comissão não impede a atuação do Ministério Público Federal. (Com informações do G1).




POLÍTICA

KOTIDIANO