top of page

Café Solidário faz a diferença no Jardim Bom Retiro, em São Gonçalo

Projeto social foi criado para dar amparo a trabalhadores e pessoas em vulnerabilidade alimentar



Às 3h30min da matina João acorda para trabalhar. O caminho é longo até o trabalho. Ele precisa chegar em Copacabana às 8h. É uma sexta-feira, a última do mês. E sabe que vai encontrar pela frente um trânsito difícil e lento.


João esticou o salário até onde pôde. Acordou com fome porque não tinha o que comer no jantar. Mas a sorte sorriu para ele. É que logo abaixo da rua onde mora, existe uma banquinha que oferece um generoso café da manhã, com bolo, pão e suco, tudo de grátis, para se servir e começar bem o dia.


Dentro do espírito natalino de amor, compaixão e solidariedade, um projeto social realizado na rua Frei Agostinho, no bairro Jardim Bom Retiro, batizado de Café Solidário, serve aos trabalhadores, todas às manhãs das sextas-feiras, bolo, pão com queijo com aquele café preto ou o famoso pingado, e frutas, podendo escolher maçã ou banana. Tudo isso totalmente 0800.



"Por motivos de sair cedo de casa pra ir trabalhar, percebi que muitas pessoas já cansaram de sair de casa sem ter o que comer. Isso também aconteceu comigo. Ou pagava a passagem de ônibus ou comprava um pão", disse Chacal Rafael, morador do bairro e idealizador do projeto, que teve início em 7 de julho deste ano.


Chacal, que banca o projeto com recursos próprios e com a ajuda de amigos de dentro e fora da comunidade, diz que as dificuldades que passou, e que viu outras pessoas passarem, o sensibilizaram e o fizeram refletir sobre o poder da solidariedade para superar os problemas do dia a dia:


"Então por esse motivo conversei com Deus e resolvi servir todas as sextas-feiras as 3h da madrugada o café solidário para os trabalhadores e todos que ali passam e precisam, conta Chacal, que finaliza:



"Como muitos moradores falam, 'esperamos às sextas-feiras para falar com você Chacal'. Mas na verdade, eu que espero que a sexta-feira chegue logo, para que eu possa fazer aquilo que escolhi fazer. E dou o meu melhor para que os minutos que passamos conversando, sejam a diferença em um dia complicado."


Chacal Rafael busca outras parcerias a fim de estender o projeto para os outros dias da semana. Quem puder ajudar, pode entrar em contato pelo tel/zap (21) 98290-1520.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.