top of page

Caso das joias ilegais não faz nem cosquinha na bozosfera

Por Helcio Albano

Michelle Bolsonaro, joias de diamantes enviadas pelo regime saudita e Jair Bolsonaro/Foto: Divulgação e reprodução redes sociais
Michelle Bolsonaro, joias de diamantes enviadas pelo regime saudita e Jair Bolsonaro/Foto: Divulgação e reprodução redes sociais

PESQUISA do instituto mineiro Quaest constatou que o escândalos das joias da "Mixeique das Arábias" nem fez cosquinha na bozosfera. A "bozosfera" é a bolha de bolsonaristas nas redes sociais. Já na Lulosfera, claro, o assunto da muamba ilegal de R$ 16,5 milhões foi o mais buscado e que teve mais interação dentre tudo que movimentou as redes em 1 semana. Ao todo, 800 milhões de buscas e postagens.


Assuntos de interesse de cada ecossistema político e ideológico brasileiro mostra o quanto vivemos num país fraturado em realidades paralelas. Na lulosfera, os 5 assuntos, pela ordem: 1. joias das arábias; 2. Bolsa Família; 3. Lula NÃO vai aumentar gasolina; 4. MInha Casa Minha Vida; 5. Vacinação.


Na bolha bozofascista, temos: 1. Lula VAI aumentar a gasolina; 2. CPMI do 8/1; 3. Invasão do MST; 4. Corte do 13º do Bolsa Família; 5. Lula tira gente do Bolsa Família.



Ora, o que isso quer dizer? Que mesmo que o facínora ou alguém de sua laia mate, esfole e esquarteje uma criança recém-nascida em praça pública sob a luz do sol, nada o acometerá. A passada de pano - ou a indiferença - é garantida. 700 mil mortes estão aí para provar que, para a sua turma, os seus crimes não merecem castigo.


O caso das joias escancara não só uma república de punguistas, de crimes o mais rastaqueras no varejo. Mas também crimes de Estado, já que muito provavelmente rolou propina pra entregar uma refinaria aos árabes com envolvimento de militares de alta patente e ministros. Mas tudo isso é perdoado.


Tristes tempos. E durma-se com um barulho desses...


Siga @helcioalbano


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.