top of page

Com circo militar e loucos liberados do hospício, Bozo espera lotar Copacabana

Manifestação em Brasília reuniu público semelhante a outras comemorações de 7 de Setembro


Por Rodrigo Melo

Manifestação em Brasília/Foto: Reprodução
Manifestação em Brasília/Foto: Reprodução

Hoje é dia de golpe, bebê! Diria Cristiane Torloni nesse fulgurante 7 de Setembro para o gado seBozo.


As comemorações do bicentenário da Independencia nesta manhã em Brasília frustrou a equipe de campanha do coisa ruim. Deu gente, mas nada diferente dos outros anos, mesmo com investimento pesado e meses de convocação de uso eleitoral de uma data cívica de todos os brasileiros.



O número de apoiadores convocados para a manifestação ilegal em apoio ao excrementíssimo ficou aquém do esperado pela organização e se concentrou nas laterais da Esplanada dos Ministérios, enquanto o gramado contou com poucas pessoas, como registrado pela TV Brasil, que transmitiu o evento.


Já no "fim de feira", as pessoas se concentraram em frente ao palco para ouvir o discurso do demônio, dando relativa impressão de multidão reunida no amplo espaço do gramado. Imagens de foco fechado e maximizadas estão sendo exibidas à exaustão nas redes sociais pelos bolsominions e candidatos.


Agora, com o circo militar armado em Copacabana e os loucos liberados dos hospícios da Zona Sul e de Icaraí, espera-se um público maior na Av. Atlântica.


Haja coração!

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA