top of page

Com enredo sobre Lampião, Imperatriz Leopoldinense vence o carnaval do Rio

Escola de Ramos na zona norte é campeã do carnaval do Rio depois de 22 anos


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Rede Brasil Atual - Depois de 22 anos, a Imperatriz Leopoldinense conquistou o título do carnaval carioca. Foi a nona vitória da escola de Ramos, subúrbio da zona norte do Rio de Janeiro. Com vários autores e interpretação de Pitty de Menezes, o enredo falou de Lampião, o “rei do cangaço”.


A apuração foi realizada na tarde desta quarta (22) no Sambódromo do Rio, na região central. Com apenas um décimo a menos, a Viradouro terminou em segundo lugar e a Vila Isabel, em terceiro. Já a Império Serrano foi rebaixada.




Céu e inferno - A história da Imperatriz conta uma fábula em que Lampião, ao morrer, não foi aceito nem no inferno e nem no céu. Assim, “conseguiu uma coisa que poucos brasileiros conseguiram, que é a eternidade”, disse em entrevista ao portal g1, antes do desfile, o carnavalesco Leandro Vieira. “Então, nem bom, nem mau; eterno”, acrescentou.


Em São Paulo, onde a apuração foi realizada ontem (21), a Mocidade Alegre, da zona norte, ganhou o título do grupo principal. Foi sua 11ª vitória. No acesso, as vencedoras foram as tradicionais Vai-Vai e Camisa Verde e Branco, que sobem no lugar das rebaixadas Estrela do Terceiro Milênio e Unidos de Vila Maria.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



WhatsApp Image 2022-06-03 at 11.51.13.jpeg

POLÍTICA

KOTIDIANO

CULTURA