top of page

Comentarista da Globo sofre ‘apagão’ e comete gafe ao vivo durante jornal

Ana Flor chegou a gaguejar em meio ao momento desesperador


Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet



A jornalista Ana Flor passou por um momento nada animador durante o “Bom Dia Brasil” desta quinta-feira (25). Ao ser chamada por Ana Paula Araújo para falar sobre a presidência da Vale, a comentarista da TV Globo acabou esquecendo e trocando o nome do ministro Alexandre Silveira. Gaguejando, ela se desculpou pela gafe cometida ao vivo.



A contratada da emissora dos Marinho ia bem até confundir o político com um ministro do Supremo Tribunal Federal. Diante do “apagão”, Ana Flor, mesmo nervosa, ainda tentou lembrar o nome, mas não conseguiu. “Lula atribuiu ao Ministro das Minas e Energia, o Alexandre de Moraes. Alexandre, desculpa… Alexandre… É… Mas eu esqueci o nome do ministro”, disse a jornalista.


Assim que a colega terminou de comentar, Ana Paula Araújo não deixou o erro passar despercebido e a corrigiu. A âncora do “Bom Dia Brasil” falou corretamente o nome do político e brincou ao dizer que erros assim acontecem: “Alexandre Silveira é o ministro de Minas e Energias, Ana Flor. Às vezes, a gente se esquece mesmo, dá uns brancos”.



Em setembro do ano passado, Ana Paula Araújo foi surpreendida ao ficar no escuro em rede nacional. Na ocasião, as luzes do estúdios foram simplesmente foram apagadas, deixando o público sem entender absolutamente nada. “Perdemos a nossa iluminação aqui”, disse a apresentadora do telejornal “Bom Dia Brasil”.


Provando não ter se abalado com o acontecimento, a jornalista seguiu o noticioso normalmente. “Mas vamos ver agora uma reportagem sobre a solidariedade que tem feito a diferença nesse caso”, falou a âncora do jornal, que repercutia as consequências causadas pela passagem de um ciclone no Rio Grande do Sul.




*Com informações UOL


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.