top of page

'Deus é bom', diz Felipe Neto após cassação de Crivella

Youtuber é desafeto do ex-prefeito desde o episódio de censura na Bienal em 2019

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O youtuber e influenciador digital Felipe Neto celebrou uma decisão da Justiça Eleitoral que condenou o deputado federal Marcelo Crivella (Republicanos) a oito anos de inelegibilidade por abuso de poder econômico na disputa eleitoral de 2020.


Em seu perfil no Twitter, Neto postou uma notícia sobre a condenação de Crivella e, sem esconder sua alegria, afirmou que "Deus é muito bom". As informações são do Uol.



A condenação é referente à chapa de Marcelo Crivella, então candidato à reeleição para prefeitura do Rio, derrotado no segundo turno em 2020. Eduardo Paes (PSD), oponente de Crivella à época, e a coligação composta pelo Cidadania, DC, PV, PSDB, AVANTE, PL e DEM entraram na Justiça.


A decisão é em primeira instância e cabe recurso. A defesa de Crivella informou para O Globo que vai recorrer da sentença da juíza Márcia Santos Capanema de Souza, da 23ª Zona Eleitoral do Rio de Janeiro.



A magistrada também pediu a cassação do mandato de deputado de Crivella. Embora haja precedente do TSE em decisão de 2020, a defesa de Crivella afirmou que a punição não tem efeito imediato.


A juíza ainda exigiu que Andréa Firmo, candidata a vice na chapa de Crivella, devolva R$ 42.499,50 à Justiça Eleitoral por usar recursos de campanha para a produção de 1,5 milhão de panfletos com informações falsas sobre Paes.


Felipe Neto e Crivella são desafetos há alguns anos. Em 2019, na época em que era prefeito do Rio de Janeiro, Crivella tentou censurar a HQ "Vingadores - A Cruzada das Crianças" durante a Bienal do Livro do Rio naquele ano porque a publicação continha um beijo gay.


Como resposta à censura do então prefeito, Felipe comprou 14 mil exemplares do livro e distribuiu de forma gratuita na própria Bienal.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso Canal do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA