top of page

Grupo que vendia cartões de vacinação falsificados no RJ foi preso nesta sexta (22)

Quatro criminosos foram flagrados oferecendo o serviço a populares que estavam próximo ao Aquario


Foto: Reprodução/ TV Globo
Foto: Reprodução/ TV Globo

O Dia - Quatro homens que vendiam cartões de vacinação falsificados para pessoas que queriam acessar atrações turísticas na cidade do Rio foram presos, na tarde desta sexta, no Santo Cristo, Zona Portuária. De acordo com agentes do 5º BPM (Gamboa), no momento da prisão, o quarteto oferecia os serviços por R$ 20 a populares que transitavam próximo ao Aquário Marinho do Rio (Aquario). Eles também vendiam ingressos para este ponto turístico e também para o Cristo Redentor por R$ 70.


A prática criminosa foi descoberta após a exibição de uma reportagem do RJTV1, da TV Globo, nesta sexta. Nas imagens os cambistas apareciam vendendo por até R$ 200 os cartões de vacinação falsificados em pontos turísticos do Rio, como na Quinta da Boa Vista e no Bioparque, locais que exigem o documento. Os criminosos também tinham um ponto de venda na Uruguaiana. "Cartão de vacina, meu amigo, estou vendendo a R$ 200 aí. Vem em branco, assim", anunciava um dos criminosos do grupo.




A comprovação da vacinação é obrigatória para acessar diversos serviços e locais da cidade do Rio, no entanto, há ainda muitas pessoas que estão inadimplentes com as doses. Diante disso, os criminosos viram uma forma de lucrar em cima dessa situação. O grupo preso em flagrante foi levado por agentes à 5ª DP (Mem de Sá).


Na última sexta (14), a Secretaria de Saúde Municipal do Rio anunciou uma medida para tentar levar os inadimplentes aos postos de vacinação. A partir de agora, pessoas com 50 anos ou mais deverão apresentar seus comprovantes com as duas doses (ou dose única) da vacina contra a covid-19 e também a dose de reforço.




Já as pessoas com 18 a 49 anos deverão apresentar seus comprovantes de vacinação com as duas doses (ou dose única) da vacina, e, caso já tenham completado 4 meses dessa aplicação, devem apresentar a comprovação da dose de reforço.


Os cariocas podem confirmar o esquema vacinal através do certificado de vacinação digital na plataforma do Conecte SUS ou minhasaude.rio. O cartão de vacinação também é válido para ter acesso aos locais e serviços na cidade.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.










POLÍTICA