top of page

Homem acusado de matar professor em Luiz Caçador é preso em Goiás

O criminoso, que confessou o crime, tentava se esconder no estado onde tem parentes

O crime ocorreu nesta terça (13/02), em São Gonçalo - Foto: Divulgação
O crime ocorreu nesta terça (13/02), em São Gonçalo - Foto: Divulgação


Policiais civis da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) prenderam em flagrante, um dia após o crime, o homem acusado de matar o professor Cláudio Cardoso Luiz.  Agnaldo de Mesquita Pedrosa era namorado da vítima e foi preso por homicídio na cidade de Goiânia, nesta quarta-feira (14/02), em uma ação conjunta com policiais civis de Goiás.


O crime ocorreu nesta terça (13/02), em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Diligências realizadas pelos agentes apontaram que o autor estava se deslocando para Goiás, onde tem parentes. Ele foi preso pelos policiais da duas instituições no interior de um ônibus, que ia em direção a Anápolis.


Segundo apurado, a vítima e o acusado mantinham uma relação íntima de afeto, marcada por vários desentendimentos e discussões. Após mais uma discussão, o criminoso esganou e matou Cláudio. Após isso, ocultou o corpo da vítima na cisterna da casa, e furtou e vendeu um notebook do homem.

De acordo com a DHNSG, o criminoso confessou os crimes. Contra ele, havia também um mandado de prisão por furto qualificado, oriundo da Justiça de Goiás, que também foi cumprido na ação.


De OSG.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua. 

POLÍTICA

KOTIDIANO