top of page

Jornalista é atacado no Catar após confundirem bandeira de Pernambuco com a LGBTQIA+

Victor Santos conta ainda que filmou a bandeira sendo jogada no chão e pisada, mas foi obrigado por policias a apagar


Foto: Reprodução de vídeo
Foto: Reprodução de vídeo

Revista Fórum - O jornalista pernambucano Victor Pereira foi atacado por populares e policiais no Catar, nesta terça (22), por portar uma bandeira do seu estado natal, que tem um arco-íris, assim como a bandeira LGBTQIA+.


“Fomos abordados por conta da bandeira de Pernambuco, que tem um arco-íris e acharam que era a bandeira LGBT. Tomaram o meu celular e só me devolveram quando deletei o vídeo que tinha”, disse.



Victor conta ainda que “chegaram a pegar a bandeira de Pernambuco, jogaram no chão e pisaram. Quando algumas pessoas intervieram e amenizaram a situação. O vídeo em que eu registro o que fizeram com a bandeira fui OBRIGADO a deletar!”



 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.








POLÍTICA