top of page

Malafaia sobre Zanin: 'Cara de família'

Zanin causou boa impressão em evangélicos

Fotos: reprodução
Fotos: reprodução

Cristiano Zanin incluiu uma parada evangélica na peregrinação em busca de apoio para sua indicação ao STF (Supremo Tribunal Federal), feita há uma semana por um dos seus principais clientes, o presidente Lula (PT).


Zanin causou boa impressão em almoço, servido nesta terça (6), com três congressistas que têm boa interlocução com os pares parlamentares dessa fé: o senador Carlos Viana e os deputados Sóstenes Cavalcante e Renata Abreu.


Na manhã seguinte, quarta (7), Zanin tomou café da manhã com outro ex-líder do bloco cristão, o deputado Cezinha de Madureira (PSD-SP), e mais parlamentares da religião. “Já tivemos vários encontros, mesmo antes da indicação”, conta Cezinha.



O jornal Folha de S. Paulo conversou com outros três líderes evangélicos que, em 2022, ladeados com Bolsonaro, levaram a campanha contra Lula ao púlpito. Nenhum deles se opõe a Zanin.


O apóstolo César Augusto, da igreja Fonte da Vida, o define como “uma pessoa equilibrada, que realmente tem um saber jurídico inquestionável, alguém que vai contribuir”.


“Primeiro que é um cara de família, que eu sei”, afirma Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Maior bazuca evangélica contra Lula, o pastor diz não confundir alhos com bugalhos: “Advogado é advogado. Uma coisa é advogado militante, e [Zanin] não é advogado militante do PT, é um advogado contratado por Lula”.


Se acreditasse que Zanin veste a camisa do PT, teria o atacado da mesma forma que fez com Edson Fachin, indicado por Dilma Rousseff (PT) em 2015. Na época, vazou um vídeo antigo em que o hoje ministro do STF pede votos para Dilma vencer a Presidência. “Desci a madeira em cima, botei pra quebrar.”


“E até onde sei”, continuou Malafaia, “Zanin diz que o aborto não é assunto do STF, e sim do Congresso”.


Via Agenda do Poder.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso canal do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA