top of page

Maricá inaugura Circuito de Pesca Esportiva em Cordeirinho

Evento reuniu 83 duplas de pescadores e terá outras seis datas em Guaratiba, Barra de Maricá e Itaipuaçu

Praia de Cordeirinho/Foto: Evelen Gouvêa
Praia de Cordeirinho/Foto: Evelen Gouvêa

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, realizou neste domingo (10/04) o evento de abertura do 1º Circuito de Pesca Esportiva de Maricá, que aconteceu das 7h às 16h, na Praia de Cordeirinho, na altura da Rua 72. Ao todo, 83 duplas participaram das categorias geral (masculina e feminina), infantil e sênior, disputando troféus e prêmios em dinheiro. Os critérios eram pescar o maior peixe ou ter a maior quantidade de pescado em quilos.


Os participantes da categoria geral disputavam o prêmio de R$ 800 para a dupla vencedora masculina adulta e sênior, e R$ 200 para a dupla feminina. Já a categoria infantil recebia prêmios de consagração. O evento foi organizado pela Coordenadoria de Pesca Esportiva e Amadora, em parceria com as secretarias de Promoção e Projetos Especiais, Turismo, Esporte e Lazer, além da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar).


Esse circuito de pesca foi criado dentro do nosso projeto de Plano Municipal de Desenvolvimento Turístico, em conjunto com a Codemar e a coordenadoria de pesca. Neste domingo, 70% dos pescadores que estão aqui no evento não são de Maricá. Eles ficam hospedados na nossa cidade, aquecendo a hotelaria, movimentando pousadas e consumindo nossa gastronômica”, disse o secretário de Promoção e Projetos, José Alexandre Almeida.


Retorno do circuito emociona participantes

Um dos organizadores do evento, Anderson de Souza Pacheco, conhecido como Jack, não escondeu a emoção pelo retorno do circuito, após ficar suspenso por dois anos em razão da pandemia da Covid-19.


Estou emocionado porque perdemos muitos pescadores para o coronavírus. Vendo esse grande evento acontecendo, lembramos que eles poderiam estar vivos pescando com a gente aqui hoje. Me arrepio porque estamos voltando com tudo”, afirmou.


Na esperança de pescar pampo, riscadinho, corvina, peixes comuns nas águas de Maricá, Emanuel Fonseca, de 43 anos, estava contente pelo retorno do encontro de pesca esportiva.


É bom porque é um evento para a família, onde todo mundo confraterniza e ainda aprende novos conhecimentos de pescaria”, contou.


Após a pesagem e contagem do pescado, houve show com o cantor Thiago Borges. O circuito já tem agendadas suas próximas datas: dia 5 de junho, na altura de Rua 30, em Guaratiba; dia 7 de agosto, na Rua 13 da Barra de Maricá; dias 4 de setembro e 9 de outubro, na altura da Rua 149 de Itaipuaçu; e dias 6 e 27 de novembro, na Rua 83, também em Itaipuaçu.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA

KOTIDIANO