top of page

Niterói e Nazaré em Portugal formalizam parceria e se tornam cidades irmãs

Prefeitos dos municípios assinam documento que prevê cooperação em áreas como pesca, esporte e turismo


Foto: Lucas Benevides/Divulgação
Foto: Lucas Benevides/Divulgação

A Prefeitura de Niterói formalizou nesta quinta (2), parceria com a Vila de Nazaré, em Portugal. O prefeito Axel Grael e o prefeito de Nazaré, Walter Chicharro, assinaram um memorando de entendimento que estabelece as relações de cidades irmãs. De acordo com o documento, a parceria entre Niterói e Nazaré prevê intercâmbios e cooperação de diferentes formas nos campos da economia e comércio; esporte; turismo e lazer; e cultura, com o objetivo de promover a prosperidade e o desenvolvimento recíproco.


O prefeito de Niterói destacou que nas iniciativas de cidades irmãs, o objetivo é sempre buscar pontos comuns e sinergias para integrar experiências de gestão, culturas e o que os municípios têm para oferecer mutuamente.


“No caso de Nazaré, temos uma sinergia bem clara e objetiva. Na área da pesca, eles têm indústrias locais e toda uma tradição. Isso nos interessa porque é uma prioridade de investimento em Niterói. Empresários portugueses de Nazaré têm interesse em investir aqui.


Estamos municipalizando o Terminal Pesqueiro de Niterói para a cidade ter um protagonismo maior. Os peixes mais nobres são aqui dessa região. Boa parte das empresas pesqueiras do Brasil tem sede em Niterói e o desembarque é feito em Santa Catarina.


Queremos fazer com que a pesca gere mais retorno econômico para Niterói e Nazaré pode ser uma parceira importante para isso”, explicou Axel Grael.



O Terminal Pesqueiro de Niterói é de responsabilidade do Ministério da Agricultura, mas faz parte dos planos da Prefeitura de Niterói de realizar Parcerias Público Privadas (PPP) para que o local funcione como um polo econômico, a exemplo do que acontece em Portugal.


O prefeito Axel Grael acrescentou que a cooperação entre Niterói e Nazaré vai ocorrer também nas áreas do esporte (principalmente o surfe), da cultura e do turismo. “É uma das parcerias com maior potencial para benefício mútuo”.


O prefeito de Nazaré, Walter Chicharro, disse que a única coisa que diferencia Niterói do município português é o tamanho. “Niterói tem meio milhão de habitantes e Nazaré é uma vila de 15 mil habitantes. É a única coisa em que não somos parecidos. De resto, há muito a ganhar com estas trocas. Do ponto de vista cultural, do ponto de vista desportivo e do ponto de vista das ações econômicas. Há muita aprendizagem. Temos visto coisas importantes.


Vimos o Parque Orla de Piratininga (POP), que é um sucesso ambiental e tem um aspecto de requalificação urbana que é um exemplo. Há muita coisa a construir e muita troca a se fazer”, disse o prefeito de Nazaré.


O prefeito de Nazaré afirmou que a vila portuguesa é especialista em segurança em campeonatos de surfe em ondas grandes e que pode ajudar Niterói a se aperfeiçoar nesta área. Walter Chicharro disse que uma equipe portuguesa deve estar em Niterói ainda este ano para conhecer as ondas de Itacoatiara.


A secretária do Escritório de Gestão de Projetos (EGP), Katherine Azevedo, participou da assinatura do memorando de entendimento entre Niterói e Nazaré e destacou que o EGP vai coordenar a parceria. “Também temos parcerias com outras regiões de Portugal como Braga e Vila de Forjães. Acreditamos que essas relações são reflexo das similitudes entre os dois povos, que podem resultar em políticas públicas positivas para ambos os lados em diversas áreas", reforçou Katherine Azevedo. Também esteve presente na assinatura do documento o subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Igor Baldez, que coordena a visita do prefeito de Nazaré a Niterói.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.






POLÍTICA