top of page

PL anuncia oposição 'depende, pode ser' a Lula

Por Helcio Albano


Quem é centrão raiz, machuca anunciar oposição a um governo. Qualquer um. Foi assim, machucado, vacilante e escorregadio, que o presidente do PL, o ex-deputado Valdemar Costa Neto, anunciou, em coletiva, que seu partido "não renunciará às suas bandeiras e ideais". Por isso "será oposição aos valores comunistas e socialistas" e ao governo Lula.


Deu pra ouvir daki do Porto Velho as gargalhadas dos parças e sócios de Costa Neto vindas de alguma mansão daquelas da Asa Sul de Brasília.


Costa Neto, condenado e preso no episódio do "Mensalão", disse, em tom de ameaça, que pagará "o que puder" ao coisa ruim para que a praga possa percorrer o Brasil e se candidatar novamente em 2026: "É muito importante que ele corra o Brasil para a gente conseguir atingir nossos objetivos", confessou.



O ex-deputado revelou que até ofereceu a presidência de honra do PL ao Bozo. Vai vendo...


Sobre se vai apoiar ou não a "PEC dos R$ 600" e o "choro dos perdedores" que deve vir no relatório do Ministério da Defesa sobre as eleições nesta quinta (9), o presidente do PL disse "se for bom para o Brasil", no primeiro caso, e "depende, pode ser", no segundo, para alegria de metade da legenda que já quer se jogar nos braços de Lula e a outra metade fascista que sonha tocar fogo no país.


O PL, antigo PR, foi um dos maiores parceiros do PT no Congresso durante os governos Lula e Dilma. Só pra registrar.


Siga @helcioalbano

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.




POLÍTICA

KOTIDIANO