top of page

Quaquá, o general morte e o jumento dentuço

Por Helcio Albano

Irmanados em uma imagem/Foto: Reprodução
Irmanados em uma imagem/Foto: Reprodução

O deputado federal, ex-prefeito de Maricá e vice-presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Washington Quaquá, posou orgulhoso, sorridente e feliz para uma foto ao lado do símbolo do descaso, da incompetência e da (in)ação deliberada que matou ao menos 400 mil pessoas durante a pandemia da Covid-19 no Brasil.


Quaquá e seu ato que já nasce proscrito, mostra que nada ali é fortuito. Ao contrário. Os dentes arreganhados entregam satisfação com tal companhia, responsável por transformar Manaus (AM) num sinistro campo de experimentação farmacêutica - com o criminoso tratamento precoce - que levou milhares de pessoas à morte por asfixia no meio da rua, em casa ou nos hospitais em razão do não provimento de cilindros de oxigênio à cidade pelo governo federal.



Que diabos levou Quaquá da cadeirada no nazista no bar ao afago no general da morte bozo-fascista? Pazuello não é um incauto ou oportunista. É peça-chave na engrenagem militar autoritária e genocida que governou o país nos últimos 4 anos. Todos sabem das ligações políticas controversas do deputado, mas dessa vez Quaquá provou estar além do mais infame pragmatismo. O que o move?



A presidenta do PT, Gleise Hoffmann, deu uma chamada dura no companheiro de partido no Twitter, dizendo que a tal foto é "desrespeitosa com o PT e ofensiva às vítimas da Covid". E Gleise, para não deixar dúvida, finalizou: "Na vida e na politica, tudo tem limites".


Quaquá respondeu as críticas com uma outra foto. Dessa vez um jumento dentuço com enormes orelhas...


Siga @helcioalbano


***

Baixe de graça o livro Reflexões de proa do jornalista Helcio Albano.

HA_REFLEXÕES_ebook
.pdf
Fazer download de PDF • 1.35MB


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.