top of page

São Gonçalo incentiva ingestão de micronutrientes

Saúde orienta sobre alimentação saudável nos polos sanitários

Reprodução Internet
Reprodução Internet

Os polos sanitários de São Gonçalo vão receber, neste mês de novembro, palestras educativas sobre a importância dos micronutrientes, principalmente sobre a ingestão de vitamina A e ferro, sempre a partir das 9h30. As coordenadoras dos programas de Suplementação de Vitamina A e de Ferro, da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil (Semsa), orientarão sobre o uso destes micronutrientes nas unidades de saúde do município.



As palestras explicativas também vão ensinar aos pacientes os dez passos para uma alimentação adequada e saudável. Haverá, ainda, distribuição de sachês com sementes de hortaliças para os usuários como forma de incentivar o cultivo de uma alimentação adequada e saudável. “A vitamina A e o ferro são encontrados em diferentes tipos de alimentos que ingerimos. O Programa de Suplementação de Ferro é uma das estratégias do Ministério da Saúde para o combate da deficiência do ferro. O principal objetivo é a prevenção e controle da anemia”, explicou Márcia Maria Prata Pires Ramalho, coordenadora do Programa de Suplementação de ferro e Nutrisus.


A Semsa faz a prevenção de Vitamina A e do Ferro em unidades de saúde. O ferro é distribuído para bebês de seis meses a 24 meses e para as gestantes (em gotas para crianças e comprimidos para gestantes) nos polos sanitários com apresentação de receita médica. O uso deste medicamento é diário. “Essas crianças são acompanhadas por equipes de enfermagem ou por um pediatra enquanto realizam a suplementação do ferro”, disse Márcia.


A Vitamina A é oferecida para crianças de seis meses a 59 meses de idade nos polos sanitários e nos postos de saúde da Estratégia da Saúde da Família (ESF) que têm salas de vacinação. “A suplementação é feita com uma cápsula que tem megadoses do palmitato de retinol (Vitamina A), acrescida de vitamina E diluída em solução oleosa. Ela é oferecida para as crianças após uma avaliação da equipe de saúde. As crianças acompanhadas pelo programa têm que voltar aos postos após seis meses para receber o reforço da vitamina”, explicou Bianca de Freitas Corrêa, coordenadora do Programa de Suplementação de Vitamina A.

Alimentos ricos em ferro e Vitamina A – O ferro pode ser encontrado em carnes (gado, aves e peixes); fígado, rim e coração de galinha; leguminosas (feijão, ervilha e outras) e alimentos com farinha de trigo e milho. Já os alimentos ricos em Vitamina A são, principalmente, fígado, gema de ovo e óleos de peixes. Os vegetais verde-escuros, frutas e legumes amarelos e alaranjados, como cenoura, espinafre, manga e mamão, são boas fontes dessa vitamina.

Programação: 11/11 - Polo Sanitário Washington Luiz Lopes, no Zé Garoto 16/11 - Polo Sanitário Paulo Marques Rangel, no Porto do Rosa 18/11 - Polo Sanitário Jorge Teixeira de Lima, no Jardim Catarina 25/11 - Polo Sanitário Hélio Cruz, no Alcântara 30/11 - Polo Sanitário Augusto Sena, no Rio do Ouro

Os dez passos para uma alimentação saudável 1 – Consumir alimentos ‘in natura’ ou minimamente processados 2 – Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar ou cozinhar 3 – Limitar o consumo de alimentos processados 4 – Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados 5 – Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia 6 – Fazem compras em locais que ofereçam variedades de alimentos ‘in natura' ou minimamente processados 7 – Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias 8 – Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o tempo que ela merece 9 – Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora 10 – Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas



POLÍTICA