top of page

São Gonçalo instala oficialmente sua Academia de Cordel neste sábado (8)

Sessão de instalação será no espaço cultural Arte Galeria Box 212 às 15 horas

O espaço aconchegante que oferece atrações variadas caiu no gosto dos frequentadores/Foto: Helcio Albano
O espaço aconchegante que oferece atrações variadas caiu no gosto dos frequentadores/Foto: Helcio Albano

Neste sábado, 08, será realizada a sessão de instalação da Academia Gonçalense de Literatura de Cordel, idealizada pelos escritores cordelistas Zé Salvador e Ezequiel Alcântara. A instituição visa à manutenção e à divulgação do gênero textual e da literatura popular a partir da cidade. O evento acontece na Arte Galeria Box 212 (Galeria do Adelino), a partir das 15h. A entrada é franca e a classificação etária, livre.


A cerimônia de instalação da Academia Gonçalense de Literatura de Cordel contará com a posse solene dos membros fundadores. Os idealizadores Zé Salvador e Ezequiel Alcântara receberão os patronos de cadeiras Alba Helena Corrêa, João Batista Melo e Oton São Paio. Normalmente, nas academias de letras, os patronos já são falecidos.



"Existem duas novidades que a AGLC introduz no rol das academias: patronos vivos e cadeiras para instituições. Essa inovação atende à necessidade de adequar os ritos à sociedade atual", aponta o pesquisador de memória literária Jordão Pablo de Pão, que também tomará posse como fundador efetivo.


Três instituições ingressarão nos quadros da Academia com uma dinâmica diferenciada: representando-as, os presidentes em exercício ocuparão as cadeiras, atribuindo imortalidade ao cargo, e não aos indivíduos. Serão empossados: pela AGLAC, Décio Machado; pela UBT-SG, Renato Cardoso; e, pela Academia Brasileira de Literatura de Cordel, Almir Gusmão. Fechando o quadro de acadêmicos que tomarão posse, Érick Bernardes integrará o grupo dos membros pesquisadores, que contará com até dez personalidades.


Conhecidos pela luta pela preservação e valorização do cordel na cidade de São Gonçalo, Zé Salvador e Ezequiel Alcântara foram personagens centrais no processo que instituiu, através de lei municipal, que o dia 08 de julho passou, a partir de 2022, a ser o DIA MUNICIPAL DO CORDEL. A data relembra o nascimento de Moraes Moreira, artista reconhecido pela divulgação da cultura popular nordestina pelo país.



"O cordel é algo que valorizo muito, principalmente quando ele está dentro do tripé métrica, rima e oração. Uma lei municipal; agora, temos uma Academia. É mais uma vitória. Cordel é arte, cordel é cultura!", comemorou Zé Salvador.


No dia 28 de julho, às 18h, a AGLC, já oficialmente instalada, realiza a premiação presencial do II Concurso de Literatura de Cordel em São Gonçalo, TROFÉU GONÇALO FERREIRA DA SILVA, no salão nobre do ICBEU, no bairro Zé Garoto, São Gonçalo.


Na ocasião, também será lançado o livro com os cordéis premiados dos dez autores vencedores do concurso.


Ezequiel Alcântara, Zé Salvador  e Jordão Pablo de Pão (da esquerda para a direita), membros fundadores efetivos
Ezequiel Alcântara, Zé Salvador e Jordão Pablo de Pão (da esquerda para a direita), membros fundadores efetivos

SERVIÇO

INSTALAÇÃO DA ACADEMIA GONÇALENSE DE LITERATURA DE CORDEL (AGLC)

Data: 08/07/2023 (sábado)

Horário de início: 15h

Duração: 120 minutos

Local: Arte Galeria Box 212 - Avenida 18 do Forte, 307. Centro de São Gonçalo, RJ.

Classificação Etária: Livre

Entrada Franca


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso canal do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.