top of page

Todo ano é assim - por Rubenir Pedro Ru


Foto: Acervo pessoal
Foto: Acervo pessoal

Ao Jornal Daki, meu bom dia, boa tarde, boa noite!!


A todos com meu respeito e carinho, nessa semana quero apresentar a poesia musical, que deu o nome de " Todo ano é assim".


O tempo passa em uma rapidez e as manchetes e notícias em todos os meios de comunicação são "Enchentes".


São fatos e fotos alarmantes em todo país.


As chuvas não param, os rios invadem as cidades e os políticos que deveriam representar o povo estão preocupados em ter mais poder. Atropelam a Constituição Brasileira na maior cara de pau e nariz de Pinóquio. O lema e a lei do Gerson ou o ditado " Farinha pouca, meu pirão primeiro!"


A fome do povo é bem menor que a " fome de poder" desses nossos representantes… Haja paciência!


Todo ano é assim


O tempo passa

O sol esquenta

O vento sopra

O outono se apresenta


E o tempo passa

O inverno chega

A primavera e o verão…

Mais um ano se foi, se foi.


O tempo passa

O sol esquenta

E o vento sopra

E a chuva arrebenta


Ceifa vidas

Destrói casas

Enterram famílias

Todo ano é assim, assim, assim…bis


Os políticos

Cada vez mais ricos

Os pobres sem ter onde morar

Mendigando um lar.

Todo ano é assim, assim, assim!


(Rubenir Pedro Ru - 2023)


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.




POLÍTICA